Menu
quarta, 28 de julho de 2021
SEGOV - MICROCREDITO 27 A 29/07
Cidade Morena

Conselho Tutelar recolhe netas e avó de crianças que comoveram MS tenta sorte no MT

As duas filhas mais novas de Francisco foram levadas pelo Conselho Tutelar; avó foi embora de MS com as netas mais velhas

04 dezembro 2018 - 07h00Por Dany Nascimento

Após o filho Francisco Assunção, 31 anos, abandonar as filhas e sair sem rumo em busca de drogas, a vida de Maria Edna de Assunção, 64 anos, mãe de Francisco, deu uma reviravolta. Francisco recebeu ajuda da população após fazer um apelo no TopMídiaNews, alegando que a mãe das crianças teria abandonado a família. Oito meses depois, ele deixou as quatro filhas na casa da mãe e voltou para o mundo das drogas.

Após enfrentar diversos problemas, a idosa deixou Mato Grosso do Sul e agora mora em Pedra Preta, no Mato Grosso. “Eu vim morar com a minha filha. Eu estou com as minhas netas mais velhas, a Letícia e a Izabela. As duas mais novas, o conselho tutelar levou, que foi a Jasmin e a Emanule. Elas estão em Campo Grande ainda, mas com fé em Deus eu vou conseguir recuperar a guarda delas”.

Edna destaca que foi convidada para morar em Pedra Preta pela filha e alugou a casa que morava no bairro Tarsila do Amaral, em Campo Grande. “Meu filho mora na mesma rua e a casa está alugada. Ele que me ajudou a colocar para alugar para eu ter algum dinheiro. Minhas netas são minhas vidas, eu faço tudo que for preciso por elas”.

A avó destaca que, na casa nova, as netas têm uma qualidade de vida melhor. “Aqui elas estão bem melhores, estão na escola, estamos bem. Está faltando apenas as outras duas aqui, mas acredito que em breve elas estarão comigo”.

Sobre o paradeiro de Francisco, a mãe afirma que não tem notícias. “Não sei dele, ele foi embora e não apareceu mais. Infelizmente essa é a realidade dele, ele está naquele mundo, mas tenho fé em Deus que ele ainda vai conseguir mudar de vida para cuidar das filhas dele. A casa que ele conseguiu muitas melhorias, graças a divulgação de matérias, está com a minha outra filha. Ela está morando lá, ela cuida de lá”.

Filha de Maria Edna, Solange Assunção Teixeira, 34 anos, disse ao TopMídiaNews que levou a mãe para sua casa e se esforça para agilizar a ida das duas sobrinhas recolhidas pelo Conselho Tutelar. “Estamos mexendo por aqui e acredito que em breve teremos boas notícias. Uma assistente social mantém contato com a gente, ela está verificando a possibilidade da gente pegar as meninas de volta. O processo está andando. Aqui minha mãe me ajuda, eu ajudo ela, está tudo bem. Mora eu, minhas duas filhas, minha mãe e minhas duas sobrinhas, graças a Deus está tudo bem”.

Leia Também

Campo Grande retoma 1ª dose de vacinas nesta quarta e imuniza funcionários de indústrias
Cidade Morena
Campo Grande retoma 1ª dose de vacinas nesta quarta e imuniza funcionários de indústrias
Ciclista atropelado e morto na Chácara das Mansões é reconhecido por sobrinha
Cidade Morena
Ciclista atropelado e morto na Chácara das Mansões é reconhecido por sobrinha
Vídeo: peruca de mulher escapa em brinquedo de parque de diversões
Geral
Vídeo: peruca de mulher escapa em brinquedo de parque de diversões
Frente fria deixa mínimas abaixo de 0°C em MS até o fim de semana
Cidades
Frente fria deixa mínimas abaixo de 0°C em MS até o fim de semana