TCE MAIO
(67) 99826-0686
PMCG - Prestação de contas

Contra novas regras no Minha Casa Minha Vida, construtores protestam nesse sábado na Capital

Manifesto contra a Caixa Econômica está marcado para às 9h, na Praça do Rádio Clube

18 NOV 2016
Thiago de Souza
19h19min
Construtores protestam contra mudanças no PMCMV

Empresários da construção civil de Campo Grande vão se reunir, neste sábado (19), na Praça do Rádio Clube, para um protesto contra a Portaria 160, do Ministério das Cidades, que traz novas regras para a construção de  casas no âmbito do programa Minha Casa Minha Vida, como a obrigatoriedade de fazer imóveis só em vias pavimentadas e com rede de esgoto.

O construtor Adão Castilho encabeça a manifestação, que ele chama de ''Movimento Contra a Portaria 160'', e explica que as medidas da Caixa inviabilizam o setor. ''Isso encareceria os imóveis e deixaria os bairros que estão hoje em crescimento estagnados. As lojas de materiais de construção também ficariam estagnadas''.

Outra reclamação do setor é que os projetos de financiamento do programa habitacional,  estão dentro do plano diretor de Campo Grande, mas são diferentes dos da Caixa Econômica, e isso tem acarretado problemas na aprovação dos pedidos.

Além disso, os construtores reclamam que, no novo modelo, eles só poderão construir um único imóvel por terreno, o que, conforme Castilho, também dificulta a atividade.  

Porém, devido a pressão do setor junto à bancada federal e ao governo, a portaria 539, que dava 180 dias para que todos os imóveis sejam construídos até 31/12/2016 recebam ''habite-se'' foi prorrogado para 31/12/2017. ''A medida valeria a partir de 2 de janeiro do ano que vem, mas nós conseguimos essa vitória'' conta Castilho.

Na próxima terça-feira (22) Castilho e outro integrante do movimento se reunirão em Brasília, com o ministro das Cidades, Bruno Araújo, para tentar achar uma solução para o impasse. Também estarão presentes, construtores e corretores de imóveis, líderes do movimento em outros estados do País.  

Veja também