Menu
segunda, 30 de novembro de 2020
Cidade Morena

Corredor de ônibus e apoio aos aplicativos foram destaque em horário eleitoral da noite

Também houve críticas contra obras paradas na cidade

29 outubro 2020 - 19h55Por Thiago de Souza

Candidatos a prefeito de Campo Grande destacaram a mobilidade urbana em seus programas eleitorais, na noite desta quinta-feira (29). 

O candidato Vinicius Siqueira, do PSL, relembrou as dificuldades do campo-grandense quando tinha somente o serviço de táxi. Destacou sua atuação em favor dos aplicativos,  e, que, segundo ele, Marquinhos só impôs dificuldades à tecnologia. 

Marquinhos Trad, PSD, mostrou ações em prol do trânsito, citando épocas de engarrafamentos e acidentes nas rotatórias da cidade. Prometeu trabalhar em outros pontos críticos, como a Tamandaré e Três Barras. 
Prometeu pista duplicada no acesso às Moreninhas e ampliação do Reviva Campo Grande e melhorias em 80 quadras na região central. Também citou corredores de mobilidade, como na Brilhante. Garantiu que a Guarda Civil Metropolitana foi equipada e valorizada e deve ganhar mais 350 servidores. 

Sergio Harfouche, do  Avante, apresentou programa sobre segurança pública e prometeu tecnologia e gestão estratégica para reduzir a criminalidade

O candidato Marcelo Bluma, PV, disse que vai aumentar números de Centro de Convivência do Idoso.

Esacheu Nascimento, do Progressistas, repetiu programa onde fala de segurança pública. Ele falou que vai criar patrulhas da guarda municipal para trazer mais segurança. Destacou que segurança pública é um direito de todos. 

Paulo Matos, do PSC, falou que o presidente Bolsonaro ajudou muito na pandemia com liberação do auxílio emergencial e disse que vai criar o renda mínima.

Guto Scarpanti, Novo, prometeu que vai cobrar qualidade no serviço de transporte coletivo, cujo usuário sofre com péssimo serviço e paga tarifa alta. 

Dagoberto Nogueira, PDT, disse que vai priorizar a compra da vacina contra a covid-19 que tenha segurança, eficácia e comprovação de órgãos de saúde.  

Marcio Fernandes, MDB, falou que vai construir mais moradias, citando ações da gestão Puccinelli no Vida Nova. Falou em entregar 10 mil moradias. 

Marcelo Miglioli, do Solidariedade, disse que resolver problemas do trânsito de forma definitiva, com construção de elevados, viadutos e passagens sobre as vias, por exemplo.  

Delegada Sidneia , Podemos, criticou obras de Ceinfs, unidades de saúde, pavimentação e patrimônio histórico paradas e disse que isso é fruto de má gestão e incompetência.  

Cris Duarte, Psol, apenas apresentou música tema de campanha. 

João Henrique, do PL, relembrou trajetória dos ancestrais árabes e apresentou programa e disse que vai revisar IPTU. Também criticou os valores da taxa do lixo e esgoto e prometeu não meter a mão no bolso do campo-grandense. 

Pedro Kemp, PT, falou que vai unir tecnologia e informação para ajudar os órgãos de segurança. Também citou obra parada no Jardim Nashiville. Prometeu o primeiro hospital municipal, recontratar professores demitidos, implantar a educação inclusiva. 

Leia Também

Menina que levou tiro de fuzil no rosto terá alta médica nesta semana
Interior
Menina que levou tiro de fuzil no rosto terá alta médica nesta semana
Idosa assassinada pelo marido foi encontrada ao lado de bíblia
Polícia
Idosa assassinada pelo marido foi encontrada ao lado de bíblia
Corpo de jovem é encontrado no rio Aquidauana
Interior
Corpo de jovem é encontrado no rio Aquidauana
Mãe tirou foto da filha momentos antes de ela morrer eletrocutada por decoração
Geral
Mãe tirou foto da filha momentos antes de ela morrer eletrocutada por decoração