Menu
segunda, 21 de setembro de 2020
Cidade Morena

'Trem da alegria' da UFMS rompe DCE e diretoria quer investigar presidente e tesoureiro

O Diretório afirma que a viagem foi organizada por pessoas físicas e não por membros da entidade

14 fevereiro 2019 - 15h00Por Dany Nascimento

Após tomar conhecimento de que os responsáveis pelo ônibus da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) teriam escolhido ‘a dedo’ alunos para participar da 11º Bienal da União Nacional dos Estudantes (UNE), o DCE (Diretório Central dos Estudantes) pretende cobrar explicações sobre os critérios estabelecimentos para escolher os participantes.

O DCE emitiu uma nota alegando que as decisões da Universidade devem ser tomadas com transparência. “Os responsáveis pelo ônibus da Universidade utilizado para locomoção são os senhores Vitor da Conceição Teixeira (Acadêmico de história-CPAQ) e Pedro Pereira de Assunção Neto (acadêmico de Ciências Econômicas-ESAN). É importante deixar claro que apesar de comporem a entidade DCE, esta viagem foi organizada por estes enquanto pessoas físicas e não enquanto membros desta entidade”.

Conforme a nota emitida pelo Diretório, os alunos escolhidos para a viagem fazem parte dos Centros Acadêmicos Estudantis (CAE) do Estado (credenciados na UFMS), sendo esses acadêmicos de Campo Grande, Aquidauana e Três Lagoas. “Foram listados também CAE’s de outra Instituição de Ensino (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul). O DCE se reunirá para cobrar dos dois membros maiores esclarecimentos sobre os critérios estabelecidos para escolha dos ocupantes das vagas do ônibus, já que

 Foto: Repórter Top

este foi fornecido pela UFMS. O comprometimento dos demais acadêmicos que compõem o DCE permanece no sentido de atuar com lisura e total transparência em suas ações”.

Os acadêmicos do Diretório Central destacam que “não tinham conhecimento tal fato ou compactuam com tais práticas”.

Entenda o caso

A nova gestão do Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul já começou o ano acusada de ilegalidades. Eleita ano passado com promessa de ‘fazer a diferença’, a chapa agora é denunciada por usar veículo público para fins particulares, em nome da União da Juventude Socialista.

Na semana retrasada, o DCE conseguiu um ônibus da UFMS para participar da 11ª Bienal da UNE. Até aí tudo bem. O problema é que alunos questionam que o presidente da entidade, Vitor Teixeira, não teria convidado outros alunos para o evento, e sim levado pessoas de fora da instituição.

Alguns alunos questionaram a nova gestão no grupo do conselho da entidade pelo WhatsApp sobre os critérios para disponibilizar vaga no transporte, pois foi levantado uma discussão no mesmo grupo que havia pessoas que foram na viagem que não pertenciam à UFMS, mas sim a movimentos como a da UJS e pessoas ligadas a outras delegações da UNE.

Leia Também

Brasil registra 739 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas
CORONAVÍRUS
Brasil registra 739 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas
Papy é flagrado em reunião com comes e bebes e explica: encontro da igreja
Política
Papy é flagrado em reunião com comes e bebes e explica: encontro da igreja
Vídeo: tentando imitar cena de filme, jovem pula em cima de automóveis, cai e quebra a perna
Geral
Vídeo: tentando imitar cena de filme, jovem pula em cima de automóveis, cai e quebra a perna
Filho morre  de covid-19 oito horas após a mãe em Santa Catarina
CORONAVÍRUS
Filho morre de covid-19 oito horas após a mãe em Santa Catarina