Menu
sábado, 15 de agosto de 2020
Cidade Morena

De olho em leitos, prefeitura quer reduzir circulação de motos para evitar acidentes

Leitos ocupados por acidentes de trânsito, brigas e tiros representam 37% do total

29 julho 2020 - 15h37Por Thiago de Souza

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) destacou, nesta quarta-feira (29), que a equipe técnica estuda ações contra a violência no trânsito de Campo Grande. Uma das opções é reduzir a circulação de motos aos finais de semana e, com menos acidentes, sobrariam mais leitos de UTIs para pacientes com covid-19.

Trad detalhou os números da ocupação de leitos na cidade. Ele disse que, de cada 100 leitos de UTI, somente 40 estão com doentes da covid. 37 leitos são ocupados por pacientes vítimas de acidente de trânsito e ferimento a facadas ou tiros. Os demais 23 leitos são de pessoas vítimas de acidente vascular cerebral e infarto, por exemplo.

O prefeito destacou que o número de acidentes com moto subiu 58% em Campo Grande. Por isso, quer ações voltadas para redução de traumas no trânsito. Uma das opções foi liberar os restaurantes para funcionar até às 21 horas e assim permitir que as pessoas busquem as refeições no próprio estabelecimento e assim reduzir a quantidade de motoentregadores.

‘’Tem gente nessa pandemia que, pega a moto da tia, do irmão e sem ter CNH vão trabalhar como moto entregadores. Sem qualquer intimidade e experiência com a moto, acabam causando acidentes’’, refletiu o prefeito.

A lei seca aos finais de semana havia sido cogitada nesta terça-feira (28), mas o prefeito acredita que não terá eficácia, já que as pessoas iriam beber em casa e causar problemas do mesmo jeito.

Até a sexta-feira, o prefeito prometeu entregar um plano de ações de combate à violência no trânsito.

 

 

Leia Também

MS chega a 29,5 mil recuperados do novo coronavírus
CORONAVÍRUS
MS chega a 29,5 mil recuperados do novo coronavírus
Mandetta classifica atitude de Bolsonaro na pandemia como "cambaleante"
Política
Mandetta classifica atitude de Bolsonaro na pandemia como "cambaleante"
Sertanejo cria projeto 'Quarentena Autoral' e lança música nova em MS; assista
Cultura
Sertanejo cria projeto 'Quarentena Autoral' e lança música nova em MS; assista
Mega-Sena pode pagar R$ 27 milhões neste sábado
Economia
Mega-Sena pode pagar R$ 27 milhões neste sábado