Menu
domingo, 28 de fevereiro de 2021
Cidade Morena

Em posse do novo presidente do TJ, Reinaldo cita relevância da Justiça no combate à covid-19

Desembargador Carlos Eduardo Contar assumiu o comando do Poder Judiciário de MS

22 janeiro 2021 - 20h08Por Thiago de Souza

O governador Reinaldo Azambuja participou, no início da noite desta sexta-feira (22), da posse do novo presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, desembargador Carlos Eduardo Contar. Na cerimônia, Azambuja destacou a importância que o Poder Judiciário teve durante a pandemia da covid-19. 

“Sob a orientação da ciência, do bom senso e da responsabilidade pública, trabalhamos juntos - todos os poderes - para equilibrar as medidas sanitárias e as condições necessárias e seguras às atividades econômicas em todo o Estado”, afirmou o governador. “Assim, buscamos o nosso maior objetivo: salvar vidas e garantir o ganha pão de cada sul-mato-grossense”, completou.

O evento foi reduzido, em razão da pandemia da covid-19, e ocorreu no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, em Campo Grande. O novo presidente destacou as diretrizes que pretende levar a sua gestão no TJ. 

“Como proposta objetiva, o que eu pretendo realmente trazer para o nosso Estado é uma questão de segurança e controle de qualidade. Então nós vamos buscar implantar isso, eu já tinha isso no meu gabinete, de forma individual, e quero trazer para todo o Tribunal de Justiça. Faremos através de um trabalho de consultoria, depois de auditoria externa, que nos certifique em relação a estas questões da segurança do trabalho e sobre qualificação”, ressaltou o presidente empossado, desembargador Carlos Eduardo Contar.

O governador também fez questão de ressaltar o panorama da doença no estado durante o evento. Segundo ele, apesar das restrições impostas pela pandemia em 2020, o Estado possui o terceiro maior crescimento do País e contabiliza o maior investimento per capita do Brasil. 

“Nesse ano que findou, atraímos R$ 3,3 bilhões em novos negócios. 6,6 mil empresas abriram suas portas aqui. Geramos 11 mil novos empregos”, contou o governador, segundo a assesoria.

“Todo esse cenário positivo impulsiona o nosso otimismo: com a forte retomada do crescimento, vamos realizar um investimento recorde nos próximos dois anos. Já assinei, só neste começo de ano novo, R$ 2,8 bilhões em obras, com recursos próprios da Agesul”, acrescentou o governador.

Reinaldo Azambuja também agradeceu o trabalho desempenhado pelo desembargador Paschoal Carmello Leandro nos últimos anos, disse que acredita que a nova administração continuará a defesa intransigente das causas de Mato Grosso do Sul e avaliou que o novo comando do Tribunal fará uma gestão inovadora e produtiva.