Menu
Busca sábado, 19 de outubro de 2019
Top Ms
Cidade Morena

Enquete: maioria é contra medida que regulamenta serviço de aplicativos de transporte

Regulamentação foi aprovada pelos vereadores e deve ser sancionada nos próximos dias

16 setembro 2019 - 16h11Por Luis Abraham

O prefeito Marquinhos Trad (PSD), com a anuência da Câmara dos Vereadores de Campo Grande, deve sancionar um projeto que regulamenta a profissão dos motoristas de aplicativo e os equipara aos taxistas. 

Pensando nisso, o TopMídiaNews quer saber: você concorda com as novas regras para motoristas de aplicativo na Capital?

Cerca de 71% dos leitores são contra a medida que acrescenta mais normas às já existentes para quem quiser continuar operando como motorista de aplicativo, enquanto apenas 29% se dizem favoráveis à decisão da classe política campo-grandense.

Requisitos

Dentre os requisitos básicos para se tornar um motorista no aplicativo mais popular da categoria estão itens como:

  • Precisa ser um profissional sem antecedentes criminais;
  • Ser maior de 21 anos;
  • Passar num teste psicológico;
  • Não ter algum processo em aberto;
  • Ter um dos veículos listados no site;
  • Possuir seguro do carro;
  • Ter um Smartphone.

Justificativa

Marquinhos explicou ao TopMídiaNews que a regulamentação é necessária para que população possa identificar o veículo, bem como quer arrecadar impostos sobre a atividade que, segundo ele, se faz através da utilização de carros alugados fora da cidade de Campo Grande.

“Pelo menos um adesivo para que as pessoas saibam que aquele carro está sendo de responsabilidade de uma empresa de transporte de usuário. Queremos também o recolhimento de impostos por eles utilizarem a pavimentação asfáltica da nossa cidade, por que fica cômodo, eles estão alugando carros com placas de Belo Horizonte, andam na nossa pavimentação asfáltica e só quem paga são os campo-grandenses", finaliza.

Enquete

A enquete ficou uma semana no ar e representa a opinião dos leitores.