(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Escola realiza projeto para orientar alunos sobre doação de sangue e medula

Estudantes assistiram palestras e participaram de gincanas

15 NOV 2016
Dany Nascimento
13h45min
Foto: Divulgação

A Escola Estadual Arlindo de Andrade Gomes realizou o Projeto “Sangue Bom”, em parceria com o Hemosul de Campo Grande, com objetivo de conscientizar alunos e familiares, sobre a importância de fazer a doação de sangue e medula óssea.  

 De acordo com a professora Gislaine Araújo, durante o bimestre, os alunos foram beneficiados com palestras e histórias daqueles que já necessitaram da doação.

"Os alunos tiveram palestra com o vereador Eduardo Romero, explicando a importância da doação e contando aos alunos que teve essa experiência quando estudava. Eles tiveram palestra do professor Carlão da rede pública de ensino, que contou a história deles aos alunos, porque ele precisou de doação de medula óssea. Fizemos uma mobilização de conscientização", diz a professora.

Gislaine destaca que conscientizando os alunos, teremos um número maior de doadores, já que eles levam para dentro de casa o que aprendem na escola e incentivam amigos a colaborar com a doação, que pode salvar muitas vidas.

"Muitos não sabem que para doar sangue você precisa ter mais de 55 quilos, que não pode ingerir bebida alcoólica para doar, então levamos todas essas informações aos alunos, que levam para os familiares a movimentação e assim, conseguimos um número maior de pessoas doando. Tivemos gincana para os alunos levarem os familiares", afirma a professora.

Os alunos receberam orientação sobre diferenciar os tipos de circulação, conheceram os elementos que constituem o sangue e suas funções, as doenças cardiovasculares, aprenderam a distinguir os grupos sanguíneos e ouviram explicações sobre os principais tabus que dificultam o processo de doação.

     

 

Veja também