(67) 99826-0686
REFIS FEV.

VÍDEO: esgoto transborda, invade residência e família perde tudo na Capital

Família estima prejuízo de aproximadamente R$ 15 mil; de camas a notebook, maioria dos móveis e eletrodomésticos estragaram

14 FEV 2019
Nathalia Pelzl
07h00min
Foto: RepórterTop
IPVA GOV

Moradores da Rua Betim, no bairro Guanandi 2, região sul de Campo Grande, tiveram suas casas invadidas por esgoto, resultado da forte chuva. Mau cheiro e risco de doenças preocupam moradores da região.

A família de Marllon Lima Bronze, 19 anos, conta que teve um prejuízo de aproximadamente R$ 15 mil devido ao vazamento.  Caso aconteceu nesta terça-feira (12) e a Águas Guariroba já foi acionada.

“Eu estava almoçando umas 14h. Aí fui em direção ao banheiro e senti meus pés molhados, fui ver, a casa já estava quase toda alagada pelo esgoto. Tivemos que quebrar o encanamento da casa do lado de fora, para não entrar mais. Aí a casa toda ficou como está na foto. Umas 15h fomos à delegacia e falei com o atendimento da Águas”, conta.

Segundo ele, o pai estava dormindo no momento que aconteceu o vazamento. “Meu pai tem 64 anos, ele estava dormindo quando começou. Ele está muito abalado, tem cirurgia na coluna também”, lamenta.

Marllon revela que abriu um chamado na Águas Guarirobas e, por volta das 16h, uma equipe chegou ao local. “Ele fizeram uma limpeza por fora da casa e no quintal, aí hoje mandaram uma empresa para limpar a casa, agora está tudo limpa”.

Ele conta que o vizinho também teve a casa invadida, entre os itens perdidos, caixas de som no valor de R$ 5 mil.

“Perdemos caixas de som, triliche, guarda-roupa, uma cama de casal, colchão de cama de casal, dois colchões de cama de solteiro, roupas que estavam nas caixas pra mudança, notebook, computador, equipamentos de marcenaria, televisão. A maioria das coisas estava no chão porque estou me mudando, por sorte  não perdemos um ar-condicionado que estava em outro cômodo da casa, que não chegou a ser atingido”, reforça.

Em nota, a assessoria de imprensa da concessionária, disse que o problema em questão foi solucionado e, nestes casos, disponibiliza diversos canais de atendimento. "Assim que for detectado o vazamento ou ocorrência semelhante, os moradores devem entrar em contato pelo 115, nosso 0800 642 0115, também pelo WhatsApp (67) 9 99123-0008 ou pelo Facebook".

RepórterTop

Veja também