Menu
segunda, 28 de setembro de 2020
Cidade Morena

Fetems emite nota de repúdio e solidariedade à família de professora assassinada pelo ex

Emitida pela federação e seus 74 Sindicatos Municipais filiados, a nota lamenta e pede pelo fim da violência contra mulher

11 março 2019 - 13h36Por Nathalia Pelzl

A Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) emitiu uma nota de solidariedade à família da professora Nadia Neves Rondon, assassinada pelo ex-marido com mais de 30 facadas enquanto comemorava seu aniversário de 38 anos, em Corumbá,  na madrugada desse domingo (10).

Emitida pela federação e  seus 74 Sindicatos Municipais filiados, a nota lamenta e pede pelo fim da violência contra mulher.

“A FETEMS e os SIMTEDs lamentam mais este feminicídio. Não podemos aceitar a violência que mata, especialmente, mulheres! Este é o segundo caso na educação, o primeiro caso foi da merendeira SILVANA TERTULIANA, de 42 anos, de Campo Grande, assassinada a facadas no dia 9 de janeiro, pelo ex-namorado que não aceitava o fim do relacionamento. Dados recentes (2019) apontam que o Brasil é o 5º país em morte violentas de mulheres no mundo e o Estado de Mato Grosso do Sul, ocupa o 3º. lugar em feminicídio dentre todos os Estados brasileiros”.

Os golpes atingiram as costas, tórax, rosto e braços. A vítima era professora de Língua Portuguesa e Inglês nas escolas municipais Pedro Paulo de Medeiros e Isabel Corrêa. Antes, também foi servidora do Estado na Casa do Trabalhador de Corumbá.

O comunicado da Fetems reforçou também que todos lutam pela paz e igualdade de direitos na vida, trabalho e na sociedade, e que repudiam e combatem qualquer forma de violência, preconceito e discriminação.

Leia Também

Prefeito de Rio Verde vai processar bolsonaristas que participaram de confusão com arma
Polícia
Prefeito de Rio Verde vai processar bolsonaristas que participaram de confusão com arma
Rastrear MS é lançado e quer quebrar cadeia de transmissão da covid-19
Cidades
Rastrear MS é lançado e quer quebrar cadeia de transmissão da covid-19
Jovem encontra corpo do irmão enterrado no quintal do vizinho
Geral
Jovem encontra corpo do irmão enterrado no quintal do vizinho
Glória Maria lamenta excesso de militância: 'qualquer coisa é racismo, assédio, tá um saco'
Geral
Glória Maria lamenta excesso de militância: 'qualquer coisa é racismo, assédio, tá um saco'