Menu
sexta, 18 de setembro de 2020
Cidade Morena

'Gastança' de Siqueira mostra que vereador tá de 'CONVERSINHA' com dinheiro público

Só para divulgar as próprias ações foram 60 mil reais; e ainda fala dos outros...

06 agosto 2020 - 19h05Por Thiago de Souza e Vinícius Squinelo

Os gastos do vereador Vinícius Siqueira (PSL) em todo o ano de 2019 impressionam, não só pelo volume de dinheiro público – cerca de R$ 90 mil -  mas pelo modo como usou as verbas. Só para divulgar suas ações, foram quase R$ 60 mil, o preço de um carro zero km. 

CUSTA CARO DIVULGAR

A divulgação do mandato, feito por uma empresa contratada, correspondeu a dois terços dos 90 mil reais gastos em todo o ano. 

Conforme o contrato, a empresa Kayoda recebe para promover ‘’a prestação de serviços de manutenção e hospedagem...do web site na internet através do endereço www.vereadorviniciussidueira.com.br, consultoria e gerenciamento de mídias sociais, tal como, ajuda no mapeamento de disparo de Whats; Gerenciamento de Links Patrocinados; Monitoramento de análise de matérias (facebook.com/viniciussiqueirabrasil); Monitoramento inbox de instagram/viniciussiqueirabrasil; Elaboração de release para mídias sociais e elaboração de pautas’’.

Neste quesito, o gasto do parlamentar se justifica em um ponto: Siqueira é um dos políticos mais atuantes e agressivos nas redes sociais. No entanto, quase tudo que ele posta é em forma de vídeo e pela qualidade da imagem tudo leva a crer que seja de um smartphone, o que pouco acarreta custos. 

Vale lembrar que Siqueira dispõe ainda do serviço de comunicação da Câmara, onde pode divulgar as ações de seu mandato e assim reduzir as despesas de sua gestão.  

JURÍDICO

Entre janeiro e dezembro de 2019 foram quase 90 mil reais. Parte do gasto ocorreu com advogado, mesmo a Câmara Municipal oferecendo assessoria jurídica. 

Outro fato que denota uso desnecessário da verba é a contratação de uma empresa de engenharia para monitorar o assoreamento do lago do Parque das Nações, dados que órgãos ambientais de Mato Grosso do Sul poderiam fazer. 

O limite imposto pela Câmara Municipal para os doze meses é de R$ 100.800. 

 

Leia Também

Sextou sem chuva: tempo seco predomina e MS continua com calor intenso
Cidades
Sextou sem chuva: tempo seco predomina e MS continua com calor intenso
Família fazia apelo para Elias largar mulher com histórico de agressividade
Cidades
Família fazia apelo para Elias largar mulher com histórico de agressividade
Bolsonaro defende volta às aulas e ataca professores: 'tá bom pra eles ficar em casa'
Geral
Bolsonaro defende volta às aulas e ataca professores: 'tá bom pra eles ficar em casa'
Jovem morre em Ponta Porã após aplicação estética em clínica clandestina no Paraguai
Hidrogel
Jovem morre em Ponta Porã após aplicação estética em clínica clandestina no Paraguai