Menu
domingo, 28 de fevereiro de 2021
Cidade Morena

'Guerreiro e batalhador': amigos se despedem de Silas, morto em acidente na Lúdio Coelho

Silas havia conquistado a pouco tempo o sonho de ter sua própria moto

23 janeiro 2021 - 13h45Por Vinicius Costa

Incrédulos e emocionados, amigos e parentes prestaram o seu último adeus para o motoentregador Silas Barbosa da Silva, de 18 anos, que morreu na madrugada deste sábado (23), vítima de acidente de trânsito na avenida Lúdio Martins Coelho, em Campo Grande.

Mensagens foram publicadas em diversos perfis no Facebook e amigos mais próximos diziam como Silas era guerreiro, sorridente e principalmente batalhador. "Disse que esse ano nossas vidas iam mudar, estava tudo dando certo e agora você me deixa", disse um amigo próximo.

"Hoje, com certeza, estou vivendo o dia mais triste da minha vida", disse o irmão em uma publicação emocionada. "É muito difícil seguir em frente sem meu irmão para me tornar forte outra vez", completou.

A tristeza tomava conta das publicações e algumas pessoas 'não acreditavam' que o jovem teria partido tão cedo. "Realmente não dá nem para acreditar, lamentável. Moleque era pureza", disse um conhecido.

O jovem que havia se tornado pai recentemente, acabou de conquistar o sonho de ter sua própria motocicleta e iniciado o trabalho como motoentregador.

Aos 18 anos, Silas Barbosa da Silva deixa sua esposa e seu filho, de 10 meses.

Acidente na madrugada

Segundo o boletim de ocorrência, era por volta das 3h30 quando a Polícia Militar foi acionada. Silas que estava de moto percorria a rua Tenente Antônio João Ribeiro, quando no cruzamento com a avenida Ludio Martins Coelho acabou batendo no caminhão agrale com placas de Sidrolândia.

A vítima ficou muito ferida e morreu no local.