Menu
sexta, 18 de setembro de 2020
Cidade Morena

Juiz diz que audiência sobre lockdown foi um 'marco' para Campo Grande

Defensoria Pública quer medida extrema, já a prefeitura entende que não

07 agosto 2020 - 17h00Por Thiago de Souza e Willian Leite

Juiz José Henrique Neiva de Carvalho e Silva, da 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos de Campo Grande, lamentou, nesta sexta-feira (7), que não tenha havido acordo entre Prefeitura e Defensoria Pública sobre adotar o lockdown. No entanto, disse que o debate entre as partes sobre o assunto foi um marco para as instituições. 

José Henrique disse que o objetivo da audiência era conciliar as partes para beneficiar a população no geral, mas, infelizmente não houve acordo. Ele destacou que a discussão sobre as medidas que se devem adotar sobre a pandemia ''evoluiu muito''. 

''...muitos dados foram apresentados por todas as partes...nós aprendemos muito com isso, a gente desenvolve muito com isso e contribuiu para que o diálogo continue para o benefício de todos. A audiência foi um marco'', definiu o magistrado. 

Audiência reuniu prefeitura e DPMS. (Foto: Willian Leite)

Como não houve acordo, o processo segue o trâmite normal e agora um magistrado irá avaliar se atende ou não o pedido da Defensoria Pública para decretar o isolamento social severo. A DPMS alega que, se não houver fechamento do comércio não essencial, a Saúde da cidade viverá um colapso dentro de 15 dias. 

A Prefeitura de Campo Grande já se manifestou contrária à medida, alegando que há outras ações que podem frear o avanço da covid-19, como a conscientização da população e medidas de biossegurança. 

Estiveram presentes na audiência membros do Ministério Público Estadual e da Federação das Indústrias de MS. 

Leia Também

Bolsonaro defende volta às aulas e ataca professores: 'tá bom pra eles ficar em casa'
Geral
Bolsonaro defende volta às aulas e ataca professores: 'tá bom pra eles ficar em casa'
Jovem morre em Ponta Porã após aplicação estética em clínica clandestina no Paraguai
Hidrogel
Jovem morre em Ponta Porã após aplicação estética em clínica clandestina no Paraguai
Mais 829 brasileiros morrem de covid-19 nesta quinta-feira, diz Ministério da Saúde
Geral
Mais 829 brasileiros morrem de covid-19 nesta quinta-feira, diz Ministério da Saúde
Pantanal: bombeiros fazem intenso combate às queimadas no Porto da Manga
Cidades
Pantanal: bombeiros fazem intenso combate às queimadas no Porto da Manga