Menu
segunda, 01 de março de 2021
Cidade Morena

Live 'Pratas da Casa' reúne artistas para mostrar identidade sul-mato-grossense

Iniciativa do projeto é mostrar que Estado lança vários artistas para o mundo

22 janeiro 2021 - 11h50Por Vinicius Costa

A live 'Pratas da Casa', marcada para acontecer nesta sexta-feira (22), às 18h, horário local, deve reunir diversos artistas sul-mato-grossenses para mostrar a identidade do Estado no cenário musical e artístico, além de mostrar que a terra pantaneira também é um mercado atraente de talentos em diversos segmentos.

O local escolhido para acolher os músicos e artistas durante o projeto foi o Sesc Cultura MS, que conta com uma história rica da cidade de Campo Grande e a live mostrará obras da Galeria Mara Dolzan, artista contemporânea.

Um dos artistas convidados para cantar no evento é Dani Black, filho do músico Tetê Espíndola, que estará acompanhado de nomes como Sandro Moreno e Marcelo Ribeiro. Paulista por natureza e conhecido no cenário nacional, Dani tem influências sul-mato-grossenses por causa da família Espíndola, famosa no Estado.

Sandro é conhecido por seus grandes atos na bateria e tem um currículo extenso. Ele chegou a fazer parte da equipe do cantor Zé Ramalho por vários anos. No retorno a Mato Grosso do Sul, ele ingressou na banda Urbem e faz parte do elenco até hoje, tendo inclusive ganhado vários prêmios como baterista.

Completando o trio de atrações, o baixista Marcelo Ribeiro também representa as origens campo-grandenses e esteve presente em bandas de artistas renomados como Almir Sater, Jads & Jadson e Fafá de Belém.

A live ainda conta com a presença dos atores Ligia Prieto e Filipi Silveira, que vão declamar poemas de Manoel de Barros, maior nome da literatura sul-mato-grossense.

O evento foi financiado através de recurso da Lei Aldir Blanc e não vai arrecadar fundos. O intuito é mostrar e fomentar o cenário artístico de Mato Grosso do Sul. A transmissão acontece por meio do YouTube, no canal Pratas da Casa MS.