Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
MS DIGITAL - COMPET
Cidade Morena

Marquinhos afirma que toque de recolher continua e estuda antecipar horário

Atualmente, o toque de recolher vale das 0h às 5h, no entanto, antes era das 22h às 5h e no início da pandemia das 20h às 5h

06 junho 2020 - 16h25Por Nathalia Pelzl

“Se necessário for nós vamos até antecipar o horário para salvar e guardar a ordem pública e não ter perturbação as pessoas da nossa cidade”, essa foi a declaração do prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD) sobre o horário do toque de recolher na Capital.

Atualmente, o toque de recolher vale das 0h às 5, no entanto, antes era das 22h às 5h e no início da pandemia das 20h às 5h.

Entre ontem e hoje, a Guarda Civil Metropolitana recebeu 159 denúncias de desobediência à quarentena e encaminhou sete pessoas para a delegacia. Todas estavam descumprindo o toque de recolher. Além disso, outras 232 pessoas foram abordadas e orientadas a voltarem para suas casas.

Ao todo, vinte estabelecimentos também entraram na mira da fiscalização. O GCMs orientaram o fechamento e encerramento de conveniências e bares, após o horário estabelecido pelo Decreto 14,328.

Leia Também

VÍDEO: mulher agride fiscal que tentava reprimir aglomerações em bares
Geral
VÍDEO: mulher agride fiscal que tentava reprimir aglomerações em bares
Filha pede ajuda para encontrar mãe que saiu para comprar cigarro no Tiradentes
Cidade Morena
Filha pede ajuda para encontrar mãe que saiu para comprar cigarro no Tiradentes
De 10,2 mil casos confirmados, quase 7 mil estão curados do coronavírus em MS
Saúde
De 10,2 mil casos confirmados, quase 7 mil estão curados do coronavírus em MS
Gari é assassinado a tiros em Coxim
Polícia
Gari é assassinado a tiros em Coxim