(67) 99826-0686
PMCG - SLOGAN 17/06 A 30/06

Marquinhos diz que tem R$ 252 milhões em caixa, mas só 'verba carimbada'

Salários do funcionalismo público devem atrasar em janeiro

3 JAN 2017
Diana Christie e Airton Raes
11h15min
Foto: Geovanni Gomes

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) declarou que possui R$ 252 milhões nos cofres do município, mas apenas recursos carimbados, que só podem ser utilizados em ações muito específicas como investimentos em obras e pagamento de serviços essenciais.

Para o pagamento dos salários de dezembro e os valores restantes do décimo-terceiro de parte do funcionalismo público, o recurso estimado em caixa é de R$ 25 milhões, segundo Marquinhos. Com o rombo nos cofres, o pagamento deverá ser realizado até o dia 10 e não no quinto dia útil do mês, como prevê a legislação.

De acordo com o prefeito, a situação real do município ainda está sendo avaliada pela equipe técnica da Secretaria de Planejamento, já que o antecessor, Alcides Bernal (PP) teria prestado informações a “conta gotas”. “Vamos abrir os armários, ver o que tem dentro das gavetas para poder saber realmente a situação da nossa cidade”, afirmou.

Marquinhos destaca que não possui nem mesmo um relatório sobre quais servidores receberam integralmente o décimo-terceiro salário e quais receberam apenas uma parte do dinheiro. Mesmo assim, alguns servidores receberam mais uma parcela do abono nesta terça-feira (3) e o pagamento do décimo-terceiro dos funcionários da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) começa a ser depositado hoje.

Já os valores deixados em caixa por Bernal seriam referentes a verbas do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e da Cosip (Contribuição Para o Custeio da Iluminação Pública), que foi suspensa por seis meses.

Veja também