TCE 21 a 27/06/2021
Menu
sexta, 25 de junho de 2021
MEDIDAS RESTRITIVAS 19/06 a 27/06/2021
Cidade Morena

Marroquino nega agressão, diz que mulher surtou e é amante de ex-funcionário em Campo Grande

Ele revelou que está no aeroporto e pode ir para Dubai ou para a França

27 outubro 2020 - 15h33Por Thiago de Souza

Mohamad, de 30 anos, negou que tivesse agredido e tentado matar a esposa, em uma casa no Carandá Bosque, em Campo Grande. Ele conta que ela é que surtou por causa do som alto e saiu correndo procurando a Guarda Municipal. 

Conforme relato exclusivo ao TopMídiaNews, Mohamad, que fala o português com dificuldade, diz que a esposa e um ex-funcionário de um restaurante dele eram amantes. Em dado momento, ela pediu que ele desligasse o som. Ele então teria dito que, em vez de desligar, iria colocar o fone no celular e ouvir sozinho. 

‘’Neste momento ela começou a gritar e jogou a caixinha de música no chão. Depois saiu correndo procurando a polícia’’, revela o estrangeiro. Mohamad acha que todo o ocorrido foi combinado entre seu ex-funcionário e a esposa, que mantinham um caso. A ideia, na versão dele, era afastá-lo e deixar o caminho livre para os dois. 

Conforme conversa com a reportagem, Mohamad estava em um aeroporto e era possível ouvir barulho das turbinas de aviões. Ele disse que não conseguiu ir para Dubai por causa da covid-19, mas que deve ir para a França, onde mora a família.  

O estrangeiro mostrou preocupação em ser preso e que a família descubra o ocorrido. 

Mulher

A esposa de Mohamad, que tem 53 anos, o acusa de agressão e tentativa de homicídio com uma faca, quando ela o marido e um funcionário estariam em uma casa na rua Tropeiro, no Carandá Bosque. 

Conforme o registro policial, a vítima disse que o marido misturou bebida com remédios que toma para dormir. A mulher pediu para o homem abaixar o som. Ele surtou e começou a quebrar objetos na casa.

O marroquino pegou uma faca e tentou acertar a esposa, que correu e pediu ajuda em para uma viatura da Guarda Civil Metropolitana.

Ela foi levada para a DEAM (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher) e solicitou medidas protetivas. 

Leia Também

Após prisão, surge terceira vítima do estuprador 'Neguinho' em Campo Grande
CUIDADO, É MUITO PERIGOSO
Após prisão, surge terceira vítima do estuprador 'Neguinho' em Campo Grande
Mortes não param: Brasil perde 2.032 pessoas para a covid em 24 horas
Geral
Mortes não param: Brasil perde 2.032 pessoas para a covid em 24 horas
Faculdade de MS é condenada e terá de pagar R$ 550 mil em indenizações a funcionários
Cidades
Faculdade de MS é condenada e terá de pagar R$ 550 mil em indenizações a funcionários
'Lua de Morango' deixa Campo Grande mais bela e é a última superlua do ano
Cidade Morena
'Lua de Morango' deixa Campo Grande mais bela e é a última superlua do ano