Menu
quinta, 01 de outubro de 2020
Cidade Morena

Militar do Exército capota carro após ser atingido em cruzamento em Campo Grande

Uma mulher, de 41 anos, furou a preferencial nas imediações do Jardim Imá e bateu no veículo conduzido pelo militar

29 maio 2019 - 08h08Por Luis Abraham e Dany Nascimento

Um veículo Nissan Livina, conduzido por um militar do Exército, de 39anos, capotou após ser atingido por um Volkswagen Gol, na manhã desta quarta-feira (29) nas imediações do Jardim Imá em Campo Grande. De acordo com informações dos envolvidos, a condutora do Volkswagen Gol, uma mulher de 41 anos, 'furou' a preferencial no cruzamento da Rua Curitiba com a Rua Aracaju e atingiu o veículo do militar que seguia para o trabalho na Avenida Duque de Caxias.

O veículo capotou e chegou a ficar com as rodas viradas cima e apesar do susto, ninguém se feriu gravemente, embora o condutor tenha ficado com escoriações no cotovelo. Ele saiu do carro e foi em direção ao Volkswagen Gol para ajudar a condutora que desmaiou e em seguida acionou os bombeiros.

A mãe desta, que estava junto no momento do acidente, identificada como Maria Bispo, 61 anos, disse que "foi um susto muito grande e em um piscar de olhos viu o carro capotar e a filha desmaiar". Ela também afirma que a falta de sinalização no local contribui para que este tipo incidente aconteça. A mulher, ao ter a consciência recobrada com o auxílio do militar, só conseguia se perguntar se havia matado alguém dada a violência do impacto.

Leia Também

Iguana vai parar em prateleira de loja e só PMA para resgatar
Interior
Iguana vai parar em prateleira de loja e só PMA para resgatar
COMEÇOU A GUERRA: PP pede impugnação de Harfouche
Política
COMEÇOU A GUERRA: PP pede impugnação de Harfouche
Enfermeiro se comove ao ver cão lutar para ficar com dono internado em Anastácio
Interior
Enfermeiro se comove ao ver cão lutar para ficar com dono internado em Anastácio
Gravíssimo: Brasil tem 1.031 mortes por covid em 24 horas, com total de 143 mil
Geral
Gravíssimo: Brasil tem 1.031 mortes por covid em 24 horas, com total de 143 mil