Menu
quarta, 23 de setembro de 2020
Cidade Morena

Morte de bebê que caiu em buraco gera corrente de mensagens solidárias à família

Jeniffer faleceu após ficar soterrada em vala de terreno vizinho à sua residência no Jardim Noroeste

17 maio 2019 - 18h10Por Amanda Amaral

A morte de Jeniffer Lara Mendez Vicente, de um ano e dois meses de idade, causou comoção em redes sociais e mensagens de apoio e conforto em solidariedade à família da pequena. A criança caiu e ficou soterrada em um buraco de mais de dois metros de profundidade e faleceu à caminho do hospital nesta sexta-feira (17), em Campo Grande. 

"Que Deus conforte o coração de toda família. Não tô aqui pra julgar ninguém. Só peço a Deus que receba esse anjo num bom lugar", disse uma leitora. "Notícia extremamente triste! É terrível isso, nem posso imaginar como os pais devem estar se sentindo... triste demais", lamentou outra pessoa em comentário.

A assessoria de imprensa da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) confirmou a morte durante o trajeto entre a residência e o CRS (Centro Regional de Saúde) mais próximo. A criança chegou no local já sem vida, após uma parada respiratória.

A criança teria ficado por aproximadamente 40 minutos em atendimento do Corpo de Bombeiros no local, na Rua dos Perdizes, bairro Noroeste. O resgate havia mobilizado moradores e crianças da região. O buraco estava aberto para construção de um muro na residência ao lado.

(Foto: Marcos Tenório)

Leia Também

Operação Focus vistoria propriedades para apurar incêndios criminosos no Pantanal
Interior
Operação Focus vistoria propriedades para apurar incêndios criminosos no Pantanal
Mulher é encontrada morta em banheiro de residência no Nova Campo Grande
Polícia
Mulher é encontrada morta em banheiro de residência no Nova Campo Grande
Clima 'geladinho' começa a deixar MS e temperaturas voltam a subir
Cidades
Clima 'geladinho' começa a deixar MS e temperaturas voltam a subir
Com paralisia cerebral, Mari precisa de ajuda pra continuar fisioterapia
Cidade Morena
Com paralisia cerebral, Mari precisa de ajuda pra continuar fisioterapia