Menu
sexta, 18 de setembro de 2020
Cidade Morena

Prefeito não descarta ajuda, mas dá recado a taxistas: ‘ou se adequam, ou ficam pra trás’

Prefeito diz que pode estudar redução de impostos aos motociclistas, mas classe tem de se modernizar

09 março 2019 - 07h00Por Amanda Amaral

A prefeitura de Campo Grande não descarta possível ajuda a mototaxistas, que protestam contra ao que chamam de concorrência desleal com condutores que utilizam aplicativos de caronas pagas. Contudo, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) considera que a categoria precisa se adaptar às necessidades do consumidor, ainda que venha a receber ajuda municipal.

A redução de impostos para os mototaxistas foi defendida na Câmara Municipal pelo vereador Vinícius Siqueira (DEM), mas não foi celebrada pela categoria, que exige regulamentação da atividade exercida pelos concorrentes. Hoje, os condutores por aplicativos não recolhem tributos além dos percentuais às empresas para que trabalham. 

Ainda assim, o chefe do executivo municipal diz que a sugestão pode ser estudada como solução provisória. “Pode ser uma possibilidade, tem que estudar, verificar. Tudo que for pra ajudar a gente ajuda, mas motorista de aplicativo é uma realidade tecnológica, ou os taxistas e mototaxistas se adequam e também se tornam digitais e tecnológicos, ou vão ficar pra trás”, classificou.

Segundo o presidente do Sindicato dos Mototaxistas, Dorvair Caburé, o setor que ele representa tem outras desvantagens em comparação, como a exigência de curso, taxa de vistoria e aferição de mototaxímetro, assim como limite de profissionais com autorização para atuar. A tentativa de regulamentação dos aplicativos já teve três atualizações e segue sem prazo de decisão na Justiça.

Leia Também

Oportunidade: UFGD abre inscrições para o vestibular 2021
Oportunidades
Oportunidade: UFGD abre inscrições para o vestibular 2021
Após 'golpe' de Trutis, apelo de Siqueira evita debandada de candidatos a vereador do PSL
Cidade Morena
Após 'golpe' de Trutis, apelo de Siqueira evita debandada de candidatos a vereador do PSL
Caixa paga auxílio emergencial para nascidos em julho
Economia
Caixa paga auxílio emergencial para nascidos em julho
Mulher que matou o marido diz que casal já tinha separado quatro vezes
Polícia
Mulher que matou o marido diz que casal já tinha separado quatro vezes