(67) 99826-0686
PMCG - SLOGAN 17/06 A 30/06

MPE divulga lista de radares que funcionavam de forma irregular na Capital; confira

Condutores que foram multados no período das irregularidades podem exigir a devolução do dinheiro

22 DEZ 2016
Dany Nascimento
19h00min
Foto: Geovanni Gomes

O MPE  (Ministério Público Estadual) divulgou a lista de 22 radares que funcionavam de forma irregular em Campo Grande. Aqueles que receberam multas no período em que os equipamentos funcionavam irregularmente, devem procurar o órgão com a multa e o comprovante de pagamento em mãos.

Os equipamentos que apresentaram irregularidades de julho de 2015 até 2016, pertencem a empresa Perkons S.A. e ao Consórcio Cidade Morena. Ambos mantêm contrato com a Agetran (Agência Municipal de Trânsito e Transporte).

Em outubro, o MPE determinou mandados de busca e apreensão na Agetran, diante da investigação sobre as supostas cobranças indevidas feitas por radares que estavam com o selo do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) vencido entre 2015 e 2016.

A ação da 29ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público de Campo Grande, com o apoio da assessoria militar do MPE, apreendeu documentos dos últimos cinco anos e, conforme nota divulgada pelo órgão, a Agetran teria lavrado diversas multas de trânsito a partir de radares com a aferição pelo Inmetro vencida, o que vai contra uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito.

Confira abaixo os radares que operavam de formar irregular:  


Veja também