Menu
Busca quarta, 13 de novembro de 2019
Cidade Morena

'Nasci de novo', diz mãe que teve casa destruída por incêndio em Campo Grande

Kevilyn conta que foi salva pelos gritos da filha de 5 anos; família precisa de ajuda para recomeçar

15 agosto 2019 - 19h00Por Dany Nascimento

Kevilyn Pacheco Gomes, 22 anos, conta que nasceu de novo. Emocionada, ela relembra o medo que passou ao ouvir a filha Allana Pacheco Escobar, de 5 anos, gritar ‘fogo, fogo’, dentro da casa da família, que foi destruída por um incêndio na manhã de ontem (14).

A dona de casa sofreu queimaduras nas costas e no braço, e agora, conta com a ajuda da população para recuperar tudo que perdeu. “Eu e minha filha acordamos cedo e ela pediu para ficar assistindo desenho. Eu deixei e dormi de novo, acordei com ela gritando fogo. Quando vi, a estante estava pegando fogo, tinha chamas altas dentro de casa. Ela correu para o fundo, eu peguei ela, coloquei no colo, dei as costas para as chamas e passei com ela correndo”.

Kevilyn destaca que a casa era alugada, mas tinha uma mobília completa, que foi ‘engolida’ pelo fogo. “Perdemos tudo, sofá, minha cama, a cama da minha filha, guarda-roupa, armário, estante, sofá, tudo que uma casa tem. Perdemos nossas roupas, as roupinhas dela, mas graças a Deus ela acordou. Minha filha conta que o tio acordou ela, não tinha ninguém na casa, só nós duas, foi o anjo da guarda dela salvando a gente”.

Ela destaca que, ao sair correndo no meio do fogo com a filha no colo, pediu ajuda de duas vizinhas que passavam pelo local. “Eu dei a Allana para elas por cima do portão. Infelizmente não sabemos o que aconteceu, mas acredito que foi a fiação que pegou fogo. Nascemos de novo, se minha filha não gritasse, eu não ia ver e íamos morrer queimadas naquela casa”.

Agora, a vida de Kevilyn toma um novo rumo. “Minha filha teve alta, ela está bem. Ela ficou muito assustada, não queria vir comigo, ela está com a minha mãe enquanto estou aqui. Saindo, eu vou precisar ficar na casa da minha mãe até conseguir construir tudo de novo. É muito difícil conquistar as coisas de uma casa e o fogo destruir tudo que eu tinha”.

Você pode ajudar a família de Kevilyn através do telefone 67 – 9.9118-4467.

O caso

O incêndio aconteceu na manhã de ontem (14), na Rua Eunice Weaver, bairro Santo Antônio. A casa, que era de madeira, ficou totalmente destruída. No momento que o fogo se alastrou, mãe e filha estavam no local, ficaram feridas e foram encaminhadas para Santa Casa, com queimaduras de primeiro e segundo grau.

Abalada, a mãe de Kevelin e avó de Alana, Eliana Caramalac, 45 anos, contou que jamais imaginou passar por isso e que ficou muito assustada quando ouviu os gritos.

“Ouvi os gritos e sai correndo, quando vi a casa estava pegando fogo, minha filha estava aqui fora com queimaduras nas costas. Estou muito assustada, sempre vi isso acontecer na televisão, mas não imaginava passar por isso”, destacou.