(67) 99826-0686
Camara - marco

NOVELA: 124 candidatos questionam na Justiça anulação de etapa do concurso da PC

Candidatos alegam que foram prejudicados com a anulação da prova de digitação

14 MAR 2019
Rodson Willyams
11h36min
Foto: Wesley Ortiz/Arquivo

Um total de 124 candidatos aptos em todas as etapas do concurso Polícia Civil, realizado em Mato Grosso do Sul, recorreram de sentença judicial uma vez que alegam que se sentiram prejudicados com a decisão de primeira instância, de setembro de 2018, que anulou a prova de digitação. Os candidatos agora questionam a legalidade da etapa.

Os 124 candidatos se sentiram prejudicados com a decisão e entraram juntos com recurso pedindo que o tribunal reforme essa decisão. Alegaram que a etapa ocorreu com a total legalidade por parte do Estado e que o suposto “vazamento” não maculou a aplicação da prova, pois o “vazamento” foi incompleto, com 147 erros (sendo que eram permitidos apenas 20) e foi vazado em um grupo chamado “Recurso Digitação PCMS”, claramente um grupo de candidatos já inaptos na presente etapa.

Nos autos, várias provas foram anexadas reforçando a legalidade da etapa, como porcentagem de aprovação e reprovação após o suposto “vazamento” e laudos complementares da Acadepol sobre máquinas e equipamentos usados na prova.

Além disso, os candidatos pedem o breve chamamento para a realização do curso de formação policial, pois todos já se encontram aptos em todas etapas do concurso, apenas esperando a convocação para o curso, uma vez que se faz urgente mais efetivo policial nas delegacias do Estado.

Veja também