Menu
Busca sexta, 15 de novembro de 2019
Cidade Morena

OAB/MS cassa registro de advogado de Olarte e Delcídio que tentou matar desembargador no PR

Jail Azambuja foi condenado e está preso no estado vizinho

25 maio 2018 - 18h28Por Thiago de Souza

O registro de Jail Benites Azambuja na OAB/MS foi cassado pela entidade, nesta sexta-feira (25). Ex-juiz federal, Azambuja advogou para Gilmar Olarte e Delcídio, foi condenado e está preso por tentar matar um desembargador no estado do Paraná.

Segundo a OAB/MS, o processo ''incidente de idoniedade moral, tramita nesta casa em razão dos fatos ocorridos perante a Justiça Federal do Paraná, onde o mesmo foi acusado por falsidade ideológica e pela tentativa de homicídio contra o atual Desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Luiz Carlos Canalli''.

O presidente da entidade, Mansour Karmouche destacou que a OAB/MS cumpre o papel de manter em seus quadros pessoas que preencham os requisitos para o exercício profissional.

O vice-presidente da entidade, Gervásio Alves de Oliveira Jr. destacou que a Ordem manteve a linha que a atual gestão mantém, que é a de afastar dos quadros da OAB ''aquelas pessoas que maltratam o bom nome e o respeito que a OAB detém perante a sociedade ao afastar o advogado que foi flagrado ocultando fatos relevantes e omitindo informações capitais, posteriormente condenado''.