(67) 99826-0686
Camara Maio

Ônibus extras vão reforçar o fim de ano na rodoviária da Capital

A previsão é que mais de 10 mil pessoas embarquem no terminal rodoviário de Campo Grande

21 DEZ 2016
Agência Brasil
12h02min
Foto: Geovanni Gomes

Devido ao grande fluxo de passageiros no fim de ano, a Socicam, empresa que administra os Terminais Rodoviários de Campo Grande (MS), Brasília (DF), Tietê (SP), Barra Funda (SP) e Jabaquara (SP)e, realiza operação especial. Ônibus extras foram reservados para os locais mais procurados e, caso necessário, mais carros serão disponibilizados. Também será reforçado o quadro de funcionários nas áreas de operação, limpeza, manutenção e segurança.

A previsão é que mais de 10 mil pessoas embarquem no terminal rodoviário de Campo Grande, na sexta-feira (23) e no sábado (24). E a estimativa é que mais de 29 mil pessoas embarquem e desembarquem no terminal até a segunda-feira. Os destinos mais procurados são: Corumbá, Cuiabá, Goiânia, São Paulo e Rio de Janeiro.

Em Brasília, estima-se que mais de 15 mil pessoas deixem a cidade entre sexta e sábado. Até a segunda-feira (26), mais de 48 mil pessoas devem embarcar e desembarcar na Rodoviária Interestadual de Brasília. Os destinos mais procurados são: Unaí, Patos de Minas, Goiânia, Correntina, Caldas Novas, São Paulo e Rio de Janeiro.

Já em São Paulo, estima-se que cerca de 270 mil pessoas deixem a cidade nas vésperas de Natal pelos três terminais rodoviários da cidade - Tietê, Barra Funda e Jabaquara. Mais de 600 mil passageiros devem passar pelos terminais até a segunda-feira (26). Os destinos mais procurados são: Rio de Janeiro, Angra dos Reis, Belo Horizonte, Curitiba, cidades do interior e litoral de São Paulo.

Para quem escolhe viajar de ônibus, é recomendado que a passagem seja adquirida com antecedência. É preciso chegar ao terminal uma hora antes do embarque, identificar as bagagens, não descuidar das crianças, portar documentos de todos os passageiros, inclusive dos menores.

Crianças menores de 12 anos (munidos de documento de identificação) podem viajar acompanhadas dos pais, responsáveis legais, irmãos com mais de 18 anos, avós ou tios de primeiro grau, caso contrário, precisam de autorização escrita, assinada pelo pai, mãe ou responsável, com firma reconhecida em cartório.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) recomenda aos passageiros o uso do cinto de segurança nos ônibus durante toda a viagem. A agência pede que os passageiros que observarem qualquer irregularidade ou que tiverem reclamações/dúvidas/sugestões podem entrar em contato com a Ouvidoria da ANTT pelo telefone 166 ou pelo site da agência.

A ANTT informou ainda que a fiscalização nas rodovias federais será intensificada em parceria com a Polícia Rodoviária Federal e outros órgãos na Operação Rodovida.

Veja também