Menu
domingo, 25 de julho de 2021
PMCG REFIS 16 A 29/07
Cidade Morena

Pai denuncia escola que tenta obrigar alunos a participar de festa para homenagear santo

Uma funcionária da escola confirmou que a participação é obrigatória; diretora nega e diz que a funcionária não tem conhecimento sobre o evento

07 março 2019 - 13h09Por Dany Nascimento

Uma festa realizada na escola Coração de Maria, em Campo Grande, está dando o que falar. Um pai, que prefere não se identificar para evitar retaliações, diz que a filha foi ameaçada caso falte ao evento em homenagem a um santo, que será realizada no final do mês de maio, na unidade de ensino.

De acordo com o pai, a menina disse que se não for na festa, ficará automaticamente de recuperação, mesmo obtendo boas notas. Ele destaca que tem um compromisso e não terá como levar a filha ao local na data solicitada e demonstra revolta pelas ameaças que a criança sofreu.

O TopMídiaNews entrou em contato com a escola através do telefone, se passando pela mãe de uma aluna para verificar se os estudantes tinham obrigação de estar no evento. A funcionária que atendeu o telefone confirmou que alunos, pais e funcionários da escola são obrigados pela direção a estar presente na festa.

Veja abaixo: 

Direção

Após o diálogo com a funcionária, iniciamos uma conversa com a diretora da escola, Madre Neiva Maria de Matos, revelando que a redação recebeu a denúncia de um pai sobre a obrigatoriedade de participação no evento. Com tom de voz elevado, a diretora afirma que “ninguém é obrigado a nada, somos obrigados apenas a pagar imposto neste país”.

A Madre disse que a informação de que alunos devem ficar de recuperação, caso faltem ao evento, é falsa. Sobre as afirmações da funcionária, que confirmou a obrigação, a diretora afirma que a mesma não tem conhecimento das questões pedagógicas da escola e teria concedido informação errada sobre a obrigatoriedade.

Além disso, a diretora afirma que os pais estiveram presentes em duas reuniões realizadas no local, antes das aulas e após o início do ano letivo, concordando com as decisões previstas no regimento escolar. “Os pais têm obrigação de acompanhar os filhos na escola, está previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente. Todos conhecem o regimento da escola, ninguém é obrigado a nada".

"Informação sobre essas questões devem ser tratadas apenas comigo. Os pais participaram de uma reunião quando ainda tinham opção de matricular o filho em outra escola, porque realizamos antes do início das aulas, depois realizamos outra reunião, então todos tem conhecimento do regimento da escola. Eu gostaria muito de saber o nome dos pais que estão reclamando disso, eles tem que vim até a escola”, completa.

Leia Também

Mudança radical na escala causa 'briga' no Corpo de Bombeiros
Cidade Morena
Mudança radical na escala causa 'briga' no Corpo de Bombeiros
Frio intenso em MS pode causar até morte por hipotermia
Cidades
Frio intenso em MS pode causar até morte por hipotermia
Família em carro com placas de MS morre em grave acidente no interior de SP
Polícia
Família em carro com placas de MS morre em grave acidente no interior de SP
Repetitivo: Bolsonaro volta a atacar urnas eletrônicas e TSE
Política
Repetitivo: Bolsonaro volta a atacar urnas eletrônicas e TSE