Menu
quarta, 23 de setembro de 2020
Cidade Morena

Praça das Araras receberá ação para descarte correto de lixo eletrônico

A ideia é aproveitar a coleta seletiva já realizada pela prefeitura e criar oficinas de reaproveitamento dos componentes eletrônicos

20 fevereiro 2019 - 12h50Por PMCG

Com o objetivo de coletar e conscientizar a população sobre o descarte correto do lixo eletrônico, a Prefeitura Municipal de Campo Grande, através da Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação (Agetec), irá apoiar o evento de “Coleta de Lixo Eletrônico” da Recic.LE – Associação dos Recicladores de Resíduos Eletrônicos de MS nos dias 21 e 22 de fevereiro.

O ponto de coleta será na Praça das Araras e irá receber descartes como aparelhos de DVD, máquinas de lavar roupas, fios, monitores, notebooks entre outros eletrônicos que já não funcionam ou estão em desuso. Os materiais serão vistoriados e divididos em duas “pilhas”: os que vão para a reciclagem e aqueles que podem ser reaproveitados depois de passar por manutenção, realizada pela Recic.LE.

“Nossa vida é rodeada por aparelhos eletrônicos que um dia, perdem a vida útil. Saber como e onde descartar corretamente esses aparelhos é tão importante quanto adquirir novos. Por isso, estamos apoiando o evento.”, explica o Diretor Presidente da Agetec, Paulo Fernando Garcia Cardoso.

Projeto Praça das Araras

A Agência de Tecnologia idealizou um projeto para a Prefeitura de Campo Grande com o objetivo, em conjunto com a população e outras instituições, de readequar a Praça das Araras para atender às demandas dos moradores da região, proporcionando mais uma opção de lazer, esporte e diversão. Paralelo a isso, o projeto estuda implantar um ponto de coleta de resíduos eletrônicos no local em parceria com a Semadur e Planurb.

“Estamos apoiando essa ação para entendermos de que maneira será feita a coleta e descarte correto dos materiais e como a população vai participar”, diz Paulo. Durante a elaboração do projeto, foi realizada uma pesquisa com os moradores da área em torno da Praça das Araras a fim de entender quais são as necessidades e anseios em relação ao local.

Alguns materiais não poderão ser descartados na ação, tais como tubos de TVs, lâmpadas, pilhas e toners, pois já existem pontos de descartes definidos para tais objetos pela cidade. O objetivo é ajudar as pessoas a fazerem o descarte correto de materiais que geralmente são jogados em lixo comum e outras vezes, em terrenos baldios. O evento “Coleta de Lixo Eletrônico” é de responsabilidade da Associação Recic.LE.

Novas soluções – Mirim Transforma

Tendo em vista que os descartes indevidos de resíduos eletrônicos acarretam danos ao meio ambiente e prejuízos ao ciclo produtivo do setor de eletrônicos, o projeto da Agetec “Mirim Transforma”, realizado em parceria com o Instituto Mirim de Campo Grande (IMCG), tem o objetivo de construir uma solução cooperativa para o reaproveitamento dos equipamentos de informática e similares.

A ideia é aproveitar a coleta seletiva já realizada pela prefeitura e criar oficinas de reaproveitamento dos componentes eletrônicos junto aos quase mil adolescentes atendidos anualmente nos programas de qualificação profissional do Instituto, dando a destinação correta para cada um deles. Com isso, a prefeitura poderá ampliar o reuso interno de equipamentos e atender a demanda social da comunidade que se encontra em situação de vulnerabilidade econômica e social.

Serviço

“Coleta de Lixo Eletrônico”

Local: Praça das Araras (Bairro Amambaí)

Data: 21 e 22 de fevereiro de 2019

Horário: 9h às 16h

Leia Também

Comissão do Pantanal confirma visita a Corumbá
Geral
Comissão do Pantanal confirma visita a Corumbá
Desemprego na pandemia tem alta de 27,6% em quatro meses, aponta IBGE
Geral
Desemprego na pandemia tem alta de 27,6% em quatro meses, aponta IBGE
PRF apreende 417 Kg de maconha e recupera veículo em Guia Lopes da Laguna
Polícia
PRF apreende 417 Kg de maconha e recupera veículo em Guia Lopes da Laguna
MS já passa dos 65 mil casos confirmados do coronavírus
CORONAVÍRUS
MS já passa dos 65 mil casos confirmados do coronavírus