Menu
sexta, 27 de novembro de 2020
Cidade Morena

Procura por vacina da gripe é baixa; 55 morreram no primeiro trimestre do ano

A vacina está disponível nas 68 UBS eUBSF, o objetivo desse ano é imunizar 90% do público alvo

20 abril 2019 - 18h10Por Nathalia Pelzl

Para reduzir as complicações, as internações e a mortalidade devido infecções pelo vírus da influenza, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) reforça que a campanha de vacinação vai até o dia 31 de maio de 2019. Segundo a Superintendente de Vigilância em Saúde, Veruska Lahdo, a procura ainda está baixa.

“Procure unidade próxima a sua residência, não deixe para última hora. A procura está baixa por enquanto”, reforça.

A vacina está disponível nas 68 unidades básicas de saúde (UBS) e de saúde da família (UBSF), o objetivo desse ano é imunizar 90% do público alvo. Em 2018, foram notificados 651, sendo 360 casos confirmados de influenza e outros vírus, sendo um total de 39 mortes em Campo Grande.

Questionada sobre a diferença dos tipos de influenza, Veruska relata que é preciso ficar atento aos sintomas para identificação do subtipo da doença, e pontua alguns cuidados necessários.

“É como se fosse uma gripe, tem sintomas de gripe. É causada por vírus, existe quadro mais graves, com subtipos da doença, como a H1N1, H3N2. Sintomas como tosse, febre, sinais respiratórios, cansaço, coriza, dor no peito. Tem que fica atento para o agravamento da doença, prestar atenção sintomas, se aparecer alguns sintomas que não existia há dois dias, como dores abdominais, no tórax, costas. Sentiu que está diferente, procure a unidade”.

“Quando for espirrar, tossir, usar lenço, lavar as mãos, mesmo que não esteja doente, evita contato, boca, olhos. Evitar lugar fechado, aglomerados, fechado”, finaliza.

No primeiro momento, a prioridade foi das crianças menores de 6 anos e gestantes. A partir do dia 22 de abril ampliado para os demais grupos.

Está previsto para o dia 4 de maio, o Dia D de mobilização da campanha, na ocasião todas as unidades básicas e de saúde da família estarão voltadas para vacinação contra a gripe.  

Documentação

Quem precisa receber a vacinação do grupo de risco deve apresentar o Cartão Nacional de Saúde (CNS), número prontuário da rede de saúde de Campo Grande, RG e a caderneta de vacinação.

A recomendação do Ministério da Saúde é de um controle rigoroso da vacinação do grupo de risco, já que não serão disponibilizadas doses extras.

Gripe no Brasil

Segundo levantamento feito pelo Ministério da Saúde, até o dia 23 de março deste ano, foram registrados 255 casos de influenza em todo o país, com 55 óbitos. O subtipo predominante até o momento é influenza H1NB1, com 162 casos e 41 mortes.

Leia Também

'Rei do fundo eleitoral', Cláudio Serra é a vergonha das eleições 2020 em MS
Política
'Rei do fundo eleitoral', Cláudio Serra é a vergonha das eleições 2020 em MS
Sorteio da nota premiada MS acontece neste sábado
Geral
Sorteio da nota premiada MS acontece neste sábado
Marquinhos lança licitação para asfalto do Rita Vieira
Cidade Morena
Marquinhos lança licitação para asfalto do Rita Vieira
Força-tarefa autua postos de combustíveis e revendas de gás em Campo Grande
Economia
Força-tarefa autua postos de combustíveis e revendas de gás em Campo Grande