TCE SETEMBRO
Menu
terça, 28 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
Campo Grande

Projeto abre casa para deficientes e precisa de doações no Aero Rancho

Demanda por esse tipo de local aumentou com a pandemia da covid-19

01 agosto 2021 - 15h10Por Thiago de Souza

Há 16 anos promovendo ações sociais em bairros pobres de Campo Grande, o Projeto Semea Vida parte para mais um desafio: abrir uma Residência Inclusiva para deficientes no Aero Rancho. 

Conforme Márcia,  a gestora do Semea Vida, a região do Alto São Francisco e da favela do Bom Retiro são comunidades e regiões já atendidas pelo programa. 

O local da residência inclusiva será na rua Charlote, 785, esquina com a Rachel de Queiroz. Márcia explica que o ambiente é, sobretudo, uma demanda da prefeitura, já que na pandemia, muitos cuidadores de deficientes morreram por covid-19. 

A gestora explica que, primeiro, a prefeitura encaminha as pessoas necessitadas para abrigos e depois para uma casa inclusiva. 

‘’Vamos atender pessoas de 18 a 59 anos e onze meses’’, destacou a gestora, que acrescenta que esse público terá acesso a diversos serviços, como lida diária, atividades laborais, físicas. ‘’Tem a questão da musicalidade também. Pesquisas mostram que a musicalidade faz muito bem aos portadores de deficiência e provoca estímulo nos neurônios... ‘’. 

                                                                            Casa vai precisar de doações para funcionar

Márcia diz que já iniciou conversas com a Prefeitura de Campo Grande, que vai aplicar uma contrapartida na Casa Inclusiva, além de outros parceiros. 

O presidente do Semea Vida, bispo Helton Douglas, 42 anos, diz que a expectativa para a abertura da RI é para o mês que vem. Ele destacou que, embora o local era uma igreja, ali só serão desenvolvidas atividades sociais. Em vídeo, ele explica que o imóvel, que é amplo, sofrerá adaptações para acomodar refeitório, uma enfermaria, lavanderia, dormitórios com beliche e varanda. 

                                                                                            Antiga igreja vai abrigar projeto social  

A entidade criou uma vaquinha virtual para receber donativos, que podem ser roupas de cama, materiais de higiene, alimentos. 

‘’tudo para que este lugar se torne um lar agradável e acolhedor, para estas pessoas que perderam seus familiares e não têm para onde ir’’, finalizou. 

O link para a vaquinha, que tem como meta R$ 50 mil é: 

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/semeavida-cuidando-de-quem-voce-mais-ama

O telefone de contato é: (67) 9 8437-1555. 
 

Leia Também

Mulher arranca orelha do marido que não a deixou sair de casa em MG
Geral
Mulher arranca orelha do marido que não a deixou sair de casa em MG
Motorista morre esmagado por caminhão e corpo fica horas à espera de perícia em Camapuã
Interior
Motorista morre esmagado por caminhão e corpo fica horas à espera de perícia em Camapuã
Para prevenir animais contra a raiva, CCZ monta posto de vacinação
Campo Grande
Para prevenir animais contra a raiva, CCZ monta posto de vacinação
Ayache apoia fala de Geraldo Resende contra bolsonaristas: 'chega de negacionismo'
Campo Grande
Ayache apoia fala de Geraldo Resende contra bolsonaristas: 'chega de negacionismo'