Menu
Busca segunda, 21 de outubro de 2019
Top Ms
Cidade Morena

Projeto para transformar Hotel Campo Grande em moradia popular já está em Brasília

Se o projeto der certo, o hotel será adaptado e transformado em mais de 200 unidades habitacionais

21 agosto 2019 - 17h00Por Rayani Santa Cruz

Novidade na cidade, o projeto Pró-Moradia, do Governo Federal, que pode transformar o hotel Campo Grande na mais nova habitação popular da cidade, é um programa que vem com várias modalidades, incluindo o de desapropriação de prédios abandonados (que é o caso), para a transformação de habitações populares.

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) esteve em Brasília nesta semana onde reforçou a apresentação do projeto para dar mais vida ao Centro, pedindo recursos para a reforma e adaptação do prédio. Ele adiantou que participa de reunião com a pessoa responsável pelo inventário do local, e que além do abandono o prédio está com dívidas exorbitantes entre impostos municipais e estaduais.

“Tenho uma reunião amanhã às 11h, com o responsável pelo inventário do hotel e devemos seguir toda a tramitação. Eu vou até as ultimas consequências, porque do jeito que está vai ser implodido e dificilmente a inciativa privada vai querer comprar. Vamos transformar em moradia popular”.


(Prefeito Marquinhos Trad - Foto: André de Abreu)

Segundo o gestor, a reforma do hotel e adaptação vai custar R$ 35 milhões. “O hotel tem 68 apartamentos e duas suítes, está montado, são quartos grandes e dá para transformar porque faltam apenas divisórias para a sala”, contou o prefeito.

Se tudo der certo, a expectativa é de que aproximadamente mil pessoas possam morar no local, movimentando a economia e comércios do centro.