Menu
segunda, 14 de junho de 2021
Cidade Morena

Sem vacina, com lockdown: campo-grandenses se frustram com pedido de vacina negado

Nome da cidade voltou a ficar em evidência nas redes sociais, mas dessa vez reclamando da falta de vacinas negadas pelo Ministério da Saúde

10 junho 2021 - 15h38Por Vinicius Costa

A movimentação nas redes sociais na tarde desta quarta-feira (9) levou o nome de Mato Grosso do Sul para os trending topics do Twitter com o pedido de vacinação em massa com prazo de até 5 dias com doses do imunizante Janssen. No entanto, nesta quinta-feira (10), o Ministério da Saúde determinou divisão para todos os estados, frustrando muita gente.

A 'revolta' gerou alguns memes por conta do lockdown imposto pelo Governo do Estado, que entendeu que 43 dos 79 municípios, incluindo Campo Grande, estão na bandeira cinza de contágio e precisaram ter somente as atividades consideradas essenciais em funcionamento.

Além disso, as cidades que foram classificadas com grau extremo de contágio precisarão respeitar outras determinações, como o toque de recolher com início às 20h e encerramento às 5h.

O nome da capital sul-mato-grossense até teve um pico ficando em um dos assuntos mais comentados do Twitter até a hora do almoço, com a enxurrada de comentários, como de um internauta que disse: "Esperávamos 3 milhões de doses, recebemos 31 mil, Campo Grande bandeira cinza e lockdown de 15 dias".

Teve até gente que ficou com inveja da adoção da medida mais restritiva contra a covid-19. "Campo Grande nos trends por causa de lockdown e na minha cidade que tem 56 mil habitantes com quase 10 mil casos de covid tem toque de recolher só".

Veja algumas reações no Twitter: