ALMS CONTAR 25/06 A 27/06
(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Sete viaturas da polícia ficam paradas, pois Governo comprou veículos clonados

Secretaria de Segurança Pública foi uma das vítimas de quadrilha especializada em clonagem de veículos novos

12 DEZ 2016
Airton Raes
11h20min
Foto: Reprodução

Sete caminhonetes compradas para o policiamento em Mato Grosso do Sul não podem ser utilizadas por terem sido clonados por quadrilha especializada em clonagem de veículos novos utilizados pelo Exercito e Poder Público.

A Polícia investigou esquema, onde Caminhões do Exército brasileiro e veículos zero quilômetro eram usados para a clonagem de carros por quadrilhas de todo o país. O esquema de clonagem era praticado, usando veículos que eram exportados, e zero quilômetro, destinados ao mercado interno.

Em Mato Grosso do Sul, sete caminhonetes adquiridas em 2013 pelo Ministério da Justiça, através da Secretaria Nacional de Segurança Pública, nunca forma utilizadas, pois não podem ser emplacadas, porque foi descoberto que os veículos foram clonados. “São sete caminhonetes zero quilometro, mas não posso utilizá-las, uma vez que é impossível fazer o emplacamento”, explicou o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosinha.

Uma apuração interna realizada pela montadora Toyota descobriu a existência de clones de uma frota de 564 caminhonetes, que sequer tinham sido emplacadas. Parte foi destinada para o Exército Brasileiro, e o restante foi encaminhado para concessionárias, empresas e prefeituras de todo o país. As informações foram divulgadas em reportagem do Fantástico, da Rede Globo, que foi ao ar neste domingo (11).

Veja também