TJMS
(67) 99826-0686

Show de vaias e disparos contra Bolsonaro: maior reunião científica do País clama por educação em MS

Representante de Ministério foi o maior alvo das reclamações de estudantes e professores

22 JUL 2019
Vinícius Squinelo
09h30min
Prefeito e deputados não passaram pela situação, mas o resto... Foto: Repórter Top

Nesta semana, Mato Grosso do Sul é a sede do conhecimento brasileiro, e recebe a 71ª reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, o maior evento científico da América Latina. E o encontro começou com fortes reações em prol da educação nacional, com direito a um verdadeiro show de vaias na abertura do evento, realizada na noite deste domingo (22).

A reunião do SBPC começou a ser aberta pelo representante do Ministério da Educação, Arnaldo Barbosa. Ao ser anunciado, foi alvo de uma ensurdecedora vaia, que tomou conta do teatro Glauce Rocha, onde foi realizado o evento. 

O ministério é o maior alvo de reclamações da comunidade científica, após os anunciados cortes – ou nas palavras do Governo, contingenciamento – de verbas federais para as universidades públicas. A própria UFMS alega que só tem dinheiro de custeio para funcionar até agosto, caso a situação não seja revertida.

Cláudio George Mendonça, superintendente do Sebrae/MS, teve recepção amena. Mas, com uma infeliz tentativa de defender a classe política – e a suposta ‘injustiça que alguns políticos sofrem’ – acabou sendo mais um a entrar na fila da vaia. 

Durante os discursos da comunidade científica, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi duramente criticado pela escolha dos cortes na Educação.

O tema oficial da reunião da SBPC é “Ciência e Inovação nas Fronteiras da Bioeconomia, da Diversidade e do Desenvolvimento”, e o objetivo é difundir os avanços da ciência e promover o debate sobre políticas públicas de Ciência e Tecnologia. Porém, na prática, o encontro é usado também como uma forma de dar vazão às reclamações e anseios da comunidade, uma das mais atingidas pelo novo modelo de governo brasileiro.

Veja também