Menu
domingo, 07 de março de 2021
Cidade Morena

Com espaço aconchegante e produtos sustentáveis, 1º salão 100% orgânico busca conscientizar clientes

Prevenção do meio ambiente e beleza podem andar juntos e carregam consigo talento, competência e paixão

27 fevereiro 2019 - 09h26Por Nathalia Pelzl

Ser sustentável significa ter um conjunto de ideias, estratégias e atitudes que sejam ecologicamente corretas e economicamente viável. Pensando nisso, o empresário Wagner Leão decidiu trazer para Campo Grande um novo conceito de beleza, com a maioria dos produtos livres de componentes químicos para tratamento de cabelos, face e corpo, trazendo designer e soluções inovadoras.

Funcionando há um mês e meio, o queridinho do momento é o OrganHair, que será oficialmente inaugurado em março, em alusão ao Dia Internacional da Mulher. O salão veio para atender a demanda de salões e clientes conscientes, que desejam contribuir de alguma forma para a melhora do meio ambiente, e também o público que não pode utilizar químicos tradicionais, como pessoas em tratamento de câncer, gestantes, lactantes e carrega consigo talento, competência e paixão.

Com um espaço aconchegante os clientes têm acesso a diversos produtos orgânicos e sustentáveis. Um dos objetivos do espaço é lutar por uma causa e não ser apenas uma marca e sim uma referência no uso de produtos com composição - de 70% a 95% orgânica.

“O que qualifica um produto como orgânico é a quantidade mínima de componentes petroquímicos, seus conservantes e parabenos em sua composição. Hoje em dia os produtos de farmácia são cheios desses componentes que mascaram o cabelo”, declara o cabelereiro Cauê Morel especializado em cabelo afro e cacheado, reestruturação capilar e composto naturais.

"Eu sempre brinco e digo que a nossa linha é beleza que se sustenta, ou seja, sustentável. Se você faz uma hidratação com os nossos produtos, em 7 dias você ainda tem um cabelo hidratado, já um produto não orgânico não oferece essa durabilidade,” reforça o educador e cabelereiro máster Kevin Bracho.

"Todo procedimento que você faz, deixa resíduos e você pode deixar o químico ou o orgânico. Quando você deixa ativos orgânicos, você tem um cabelo mais saudável. Já a química é instantânea, na hora que faz, está lindo, mas no outro dia, nem sempre o resultado permanece”, disse Dener Fernandes, cabelereiro especialista em penteados e outros procedimentos.

(Foto: Wesley Ortiz)

Entre as linhas oferecidas estão Prévia, NPPE, Chihtsai, PH, Color Shine, entre outras, com organicidade acima de 70%.  Na composição itens como trufa branca, com componentes anti-idade, produtos de argila verde e blackberry, cacau, macadâmia, flor de lotus, palmito da serra, gardênia, água de coco, limão, cana-de-açúcar, agrião, tomate, dente de leão, rúcula, patchouli, dentre outros.

O salão também se preocupa com a causa animal, por isso os produtos não são testados em animais, oferecendo linhas orgânica e algumas vegana, focada em respeito à natureza.

Vou deixar de ser loira ou fazer progressiva? A opção é do cliente, por se tratar de uma linha completa atende-se loiras, cacheadas, lisas, ruivas, cabelo oleoso, cabelo danificado, que tem vez e ‘cura’ para todos que passarem pelo local, seja qual dano o cabelo apresente, já que o foco é terapia capilar.

(Foto: Wesley Ortiz)

A ideia do salão é trabalhar com três atividades diferentes, sendo elas, a academia de beleza, loja de produtos orgânicos para salões de beleza e o salão de beleza.

Ah, e mais uma coisa, além de hidratar os cabelos e definitivamente, restaurar o brilho e deixá-la com um cabelo real, você também pode encontrar hidratação para o corpo e rosto.

Ficou curioso para saber onde fica o local que propõe uma experiência com produtos livres de conservantes nocivos à saúde de seus cabelos e pele? Faça uma visita, na Avenida Mato Grosso, 3670, sala 7, fundos e desfrute de amplos estacionamento com 58 vagas, choperia, conveniência, lavagem ecológica, abastecimento e troca de óleo no conhecido espaço TAG To Go.