TJMS AGOSTO
Menu
Busca quarta, 05 de agosto de 2020
Linha de frente - compet
Cidade Morena

Tira casaco, bota casaco: semana promete ser quente só à tarde em MS

Se você já estava pensando em guardar os casacos no armário, é melhor esperar um pouco, pois ainda vai usá-los

19 maio 2019 - 16h40Por Anna Gomes

Para quem estava achando que aquele calorão voltaria a predominar Campo Grande acabou se enganando. Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), os próximos dias desta semana devem permanecer como nos anteriores: frio, quente e frio novamente.

Ainda conforme o Inmet, as manhãs e as noites prometem ser mais ‘geladinhas’, com mínima chegando a 15°C nesta segunda-feira (20), em Campo Grande, por exemplo. Todas as tardes serão de sol e sem previsão de chuvas, com a máxima chegando aos 30°C neste período do dia.

Então se você já estava pensando em guardar os casacos no armário, é melhor esperar um pouco, pois ainda vai usá-los.

No interior não deve ser muito diferente da Capital. Na segunda maior cidade do Estado, em Dourados, a previsão é de frio durante a manhã e a noite. O calor só chega no período da tarde. Os termômetros devem oscilar entre 15°C e 31°C.

A região do Pantanal, em Corumbá, deve seguir a mesma linha das outras cidades de MS. Sem chuvas, com manhãs e noites geladas, mas com aquela tarde quente. A mínima registrada para a semana na ‘Cidade Branca’ é de 17°C, mas a máxima pode chegar aos 32°C.

Leia Também

Marquinhos acompanha desinfecção de ruas no Los Angeles: 'batalha contra a covid é diária'
Cidade Morena
Marquinhos acompanha desinfecção de ruas no Los Angeles: 'batalha contra a covid é diária'
Tragédia no Líbano já tem 78 mortos e 4 mil feridos
Geral
Tragédia no Líbano já tem 78 mortos e 4 mil feridos
2ª Turma do STF anula delação de Palocci contra Lula: 'Moro foi imparcial'
Geral
2ª Turma do STF anula delação de Palocci contra Lula: 'Moro foi imparcial'
Thammy Miranda diz que ignora ataques na internet: 'não tenho saco pra isso'
Geral
Thammy Miranda diz que ignora ataques na internet: 'não tenho saco pra isso'