Menu
segunda, 26 de julho de 2021
PMCG REFIS 16 A 29/07
Cidade Morena

Vídeo: governo entrega cartões de R$ 200 e famílias da Capital comemoram

Contemplados pelo programa 'Mais Social' poderão comprar alimentos e itens de higiene. Bebidas alcoólicas ou cigarros estão proibidos

13 julho 2021 - 08h43Por Rayani Santa Cruz e Willian Leite

O governador Reinaldo Azambuja entregou os primeiros 40 cartões do programa Mais Social na manhã desta terça-feira (13), na Escola Estadual Aracy Eudociak, do Jardim Tijuca, em Campo Grande. O programa 'Mais Social' vai beneficiar cerca de 100 mil famílias de Mato Grosso do Sul, com R$ 200 mensais para compra de alimentos.

Nesta primeira fase estão sendo entregues 10 mil unidades e hoje haverá a entrega em solenidades simbólicas com entrega de 80 cartões no total. 

Após a cerimônia do Tijuca, o governador Reinaldo Azambuja segue para o bairro Noroeste, onde faz mais 40 entregas de cartões na Rede Solidária II.

"Ao menos na água, na luz, no gás já ajuda. Estou desempregada né e minha filha que está sustentando a casa. O valor significa muito porque a gente que não está ganhando nada", disse a dona de casa Basília Pinto Vedoja dos Santos, 58 anos.

A dona Elezabethe Martins, 56 anos, também recebeu o cartão das mãos do governador Reinaldo e afirmou que a ajuda vem em boa hora. "Eu estou sem trabalhar e vai ajudar muito na alimentação."

O governador Reinaldo Azambuja afirmou que o cartão democratiza as compras e a pessoa tem a dignidade de escolher os produtos que vai comprar com os R$ 200. "As diferenças de preço hoje de uma marca de arroz e do feijão são grandes e vale a pena pesquisar. Com o cartão você vai comprar à vista e no débito. Se a gente não pesquisa, às vezes estamos gastando dinheiro à toa."

Segundo o governador, o programa será permanente e os beneficiados poderão escolher entre fazer compras em hipermercados ou mercearias dos bairros. "Foi fruto de um governo que teve capacidade de fazer boa gestão e um bom trabalho. Isso significa que nós iremos liberar R$ 20 milhões por mês a essas 100 mil famílias."

O secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, afirmou que todos atravessam um momento extramente difícil por conta da pandemia e o sentimento de desamparo e necessidade veio à tona. Porém, o cartão 'Mais Social' é um apoio mínimo para a compra do que é mais necessário para as famílias.

Mais Social

Criado para atender as famílias em situação de vulnerabilidade social, o programa vai pagar R$ 200 mensais para beneficiários com renda familial per capita inferior a meio salário mínimo. Agora com o cartão, os beneficiados poderão comprar alimentos e itens de higiene. Bebidas alcoólicas ou cigarros estão proibidos.

Apenas uma pessoa da família poderá receber o benefício e essa pessoa deve ter cadastro no CadÚnico, do Governo Federal. Ao participar do programa, o beneficiário deverá frequentar curso de alfabetização de jovens e adultos, quando necessário, e participar de cursos profissionalizantes ou voltados à geração de empregos ofertados pelo Governo do Estado.

O Mais Social é permanente, mas o benefício é temporário, com validade de 24 meses, podendo ser prorrogado caso o beneficiado mantenha ou agrave a situação de vulnerabilidade.

Veja o vídeo: 

Leia Também

Após discussão, madrasta leva soco na cara em Três Lagoas
Polícia
Após discussão, madrasta leva soco na cara em Três Lagoas
Motociclista causa acidente, foge e deixa esposa grávida no local
Interior
Motociclista causa acidente, foge e deixa esposa grávida no local
Idoso tenta defender cachorrinha, é xingado e leva banho de mangueira no Chácara Cachoeira
Polícia
Idoso tenta defender cachorrinha, é xingado e leva banho de mangueira no Chácara Cachoeira
Homem é esfaqueado na cabeça em Dourados
Interior
Homem é esfaqueado na cabeça em Dourados