TCE Novembro
Menu
segunda, 29 de novembro de 2021 Campo Grande/MS
CONSTRUINDO O SABER 29/11 A 29/12
Cidades

45 casos de maus-tratos a animais foram registrados no ano na Capital

Último caso aconteceu no bairro Coronel Antonino

17 outubro 2018 - 15h59Por Nathalia Pelzl

Maus-tratos a animais estão cada vez mais frequentes em Campo Grande, na última semana mais um caso  veio à tona. Quatro cachorros foram resgatados pela PMA (Polícia Militar Ambiental), no bairro Coronel Antonino, região norte da Capital.

Dois foram socorridos em estado grave. Um estava com sinal de esfaqueamento e o outro com queimaduras. Segundo vizinhos, o autor da agressão seria o dono dos animais.Em 2017, 75 pessoas em Mato Grosso do Sul foram autuadas pelo crime contra animais silvestres e domésticos.

Segundo o delegado titular da Decat ( Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista) Marco Antônio Balsanini, de janeiro a setembro desse 45 ocorrências foram registradas.

O delegado defende que o cidadão está denunciando mais, e que número de denúncias anônimas diminuiu, muitos estão usando a tecnologia.

“As denúncias anônimas estão reduzindo, ao passo que os Registros de Ocorrências , em que o denunciante se identifica, tem sido mais frequentes, inclusive com apresentação de provas do fato, tais como vídeos, imagens e áudios. Pois hoje grande parte da população possui um smartphone, possibilitando a gravação de provas do fato criminoso”, comenta.

Crime

Maus-tratos aos animais são considerados crimes ambientais, previsto no artigo 32 da Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, Lei dos Crimes Ambientais, e prevê pena de detenção de três meses a um ano e também a condenação em multa para quem praticar o ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos.

As denúncias  podem ser feitas na Decat, na Rua Sete e Setembro, 2421, no bairro Jardim dos Estados, ou  pelo telefone (67) 3325-2567.