TCE Novembro
Menu
terça, 07 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
aguas 07/12 a 11/12
Cidades

Administração reúne gestores de frota para sistematizar ações

21 março 2016 - 16h01Por Assessoria

Para trabalhar de forma mais aprofundada e sistemática, a Coordenadoria de Transporte, por meio da Superintendência de Patrimônio e Transporte, órgão vinculado a Secretaria de Administração e Desburocratização reuniu na manhã desta segunda-feira (21), cerca de 40 gestores de frota representantes de secretarias, autarquias e fundações. O objetivo, além de definir ações conjuntas para garantir o uso consciente dos mais de quatro mil veículos da frota estadual, colocou em debate algumas determinações da administração previstas no Decreto n. 13.578 de 28 de fevereiro de 2013.

Já na abertura, o secretário de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis pontuou que a intenção do Governo é promover mudanças com foco na economicidade, sem que os serviços oferecidos pelo Governo sejam prejudicados e que para isso é muito importante que haja debate sobre os novos métodos de trabalho, especialmente entre os gestores. “Nosso grande foco é a economia, mas uma economia consciente que não prejudique o bom andamento da máquina pública. Por isso é tão importante estarmos aqui para debater algumas soluções, porque às vezes existe uma determinada prática que já é desenvolvida e vem dando certo em uma secretaria e que pode ser adotada por todo governo”, pontuou Assis.

Durante explanação do Decreto n. 13.578, o servidor Humberto Gimenez, responsável pela gestão de veículos na SAD orientou os gestores sobre a responsabilidade em relação à manutenção e utilização dos veículos, que deverão obrigatoriamente ser utilizados somente no horário de expediente, salvo raras exceções que devem ser documentadas e assinadas pelo secretário da pasta e aproveitou para reiterar uma determinação prevista em Decreto Estadual que os veículos devem ser utilizados exclusivamente para serviços de competência dos órgãos. “É importante que os gestores saiam daqui hoje levando essas informações que são essenciais. Um veículo de propriedade da administração deve ser utilizado exclusivamente para serviço de competência dos órgãos. É uma determinação regulamentada por Decreto Estadual que tem de ser obedecida”, observou o gestor lembrando que o Decreto também proíbe as chamadas “caronas” para terceiros nos carros administrativos do Governo do Estado.

Na mesma onda, o Superintendente de Patrimônio e Transporte, José Alberto Furlan pontuou aos gestores que a conservação e controle de combustível são atribuições específicas dos gestores de frota e que para facilitar esse comando é importante que cada veículo tenha sua planilha para que o motorista possa preencher em cada utilização. “O gestor é o responsável pelo veículo, por isso e tão importante que os gestores cobrem ações de manutenção e conservação dos motoristas ou servidores responsáveis pela utilização dos veículos”, destacou completando que muitas vezes um gesto simples de manutenção, como verificar água e óleo pode evitar grandes danos à manutenção do carro.

Outro ponto de diálogo entre os gestores foi a necessidade de identificar todos os carros administrativos do Estado. Gestor da IAGRO, a Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal do Estado, Newton Luiz dos Santos colocou que muitos dos seus servidores utilizam os veículos da agência nos finais de semana, porque normalmente nas festas agropecuárias, o órgão desloca de 1 a 2 servidores para trabalhar. “É importante que todos tenham seus veículos identificados porque vocês vejam o nosso caso que normalmente enviamos um veterinário e um agente para trabalhar em feiras agropecuárias, nos finais de semana. Imaginem esses profissionais sem qualquer identificação?”, ponderou Newton acrescentando que os servidores se apresentam para o trabalho com carros identificados e com crachás, o que facilita muito a apresentação dos profissionais, e que essa deveria ser uma prática utilizada por todo Governo.