Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
camara municipal
Cidades

Amigos organizam festa surpresa na chegada do Mister Brasil Diversidade na capital

Mister Brasil Diversidade

14 outubro 2013 - 20h30Por Carlos Guessy

O novo Mister Brasil Diversidade 2013, Carlos Gabriel Freitas, 21 anos, retornou a Campo Grande no começo da noite de ontem (13) para rever os amigos e familiares, quando uma grata surpresa o esperava no saguão do Aeroporto Internacional da capital.

Amigos e patrocinadores organizaram uma recepção surpresa e de lá foram para as novas instalações da casa noturna Sis Lounge Bar, próximo ao Shopping Campo Grande. A noite foi só de alegria para o gay sul-mato-grossense mais bonito do Brasil, eleito na última sexta em um concurso em São Paulo.

Carlos Gabriel nasceu e foi criado em Dourados. Dono de uma simpatia fora do comum, ele recepcionou nossa equipe para um bate papo descontraído, entre algumas fotos e agradecimentos.

“Quando cheguei no hotel, eu olhava o porte dos outros candidatos e não achava que chegaria até a final. Tinha caras malhados, morenos, brancos, topos os tipos. Jamais passou pela minha cabeça vencer esse concurso. Estou muito feliz, e só tenho a agradecer a quem me incentivou e os meus amigos”, disse o Mister.

Os grandes incentivadores de Carlos são: David Andrade e Júlio Valcanaia. David é um dos organizadores do concurso em Mato Grosso do Sul, e seu esposo Júlio, é presidente da comissão de Diversidade Sexual da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil) e o SIS Lounge Bar também foi muito importante para essa vitória.


“Como coordenador me sinto realizado pelo resultado que não poderia ser diferente e o apoio do meu marido, Júlio Valcanaia foi essencial, o Carlos é uma pessoa completa e tem muito futuro pela frente, agradeço todos que direta ou indiretamente nos ajudaram. Dedico esse sucesso aos homens gays de Mato Grosso do Sul”, enfatiza David.

 

A empresária Nayara Barbosa é outra apoiadora, foi ela que apoiou os candidatos na etapa estadual com os trajes de gala do concurso. “É importante acreditar neles, a diversidade não influencia em nada no empresariado. Eu amu meus amigos gays”, disse a empresária de uma loja de roupas.

Os novos donos da casa noturna Sis Lounge Bar, os sócios, Marcos Queiroz, Roberta Cunha e Marilúcia Giroto, afirmam que entraram de cabeça nessa causa. “Desde o começo estamos juntos com o concurso. Temos que lutar contra a homofobia, isso não pode acontecer nos dias de hoje. Gay também é cidadão, estão inseridos em diversas atividades e ocupam cargos de renome na sociedade e merecem respeito,conclui Roberta".

Carlos Gabriel nos conta que sempre foi comunicativo, que nunca sofreu preconceito e que sua família, pai e mãe, aceitam a sua sexualidade “em partes”. “Graças a deus nunca fui descriminado, meus pais sabem e me respeitam, mas não tenho aquele apoio de família. Sinto um pouco de falta, agora minhas irmãs falo com elas pelo celular toda hora. Eu sou do meio, somos em três”, conclui.

Carlos nos próximos meses irá participar de um documentário, contando um pouco sobre a sua vida e a trajetória até a participação do evento em Campo Grande e depois em São Paulo, retratando a sua vitória.

Mais:

O Homem Gay mais bonito do país é de Mato Grosso do Sul

Leia Também

“Melhor tomar leite do que tomar pinga”, diz Ovando sobre nova polêmica com Bolsonaro
Política
“Melhor tomar leite do que tomar pinga”, diz Ovando sobre nova polêmica com Bolsonaro
Mulher de policial que matou homem negro nos EUA pede divórcio
Geral
Mulher de policial que matou homem negro nos EUA pede divórcio
Corpo achado debaixo de ponte é de indígena desaparecido em Dourados
Interior
Corpo achado debaixo de ponte é de indígena desaparecido em Dourados
Bolsonaro 'dá rolê' de helicóptero e promove aglomeração em lanchonete de Goiás
Geral
Bolsonaro 'dá rolê' de helicóptero e promove aglomeração em lanchonete de Goiás