Menu
terça, 01 de dezembro de 2020
Cidades

Anuário Brasileiro de Segurança Pública aponta queda nos homicídios dolosos em MS

Percentual

06 novembro 2013 - 10h50Por Redação

Os dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2013, divulgados oficialmente nesta terça-feira (5) pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública revelam que a taxa de homicídios dolosos no País cresceu 7,8% entre 2011 e 2012. Porém, em Mato Grosso do Sul o cenário é outro e os índices apresentaram queda neste tipo de delito de 14,6 %. Já os latrocínios - roubo seguido de morte -, apresentaram  incidência ainda menor, com redução de  27,1%. 

Com este percentual, o Estado se consolida como a terceira unidade da Federação que mais reduziu a incidência desse tipo de delito, ficando atrás apenas do Espírito Santo e Alagoas, que atingiram queda de 33% e 21,9%, respectivamente. Quando analisados os crimes violentos intencionais, que incluem homicídios dolosos, roubo seguido de morte, e lesão corporal seguida de morte, o Estado também obteve um resultado significativo, apresentando diminuição nos registros desses crimes de 13%, comparando com os anos de 2011 e 2012. 

Ao comentar a pesquisa, o secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, avalia os bons índices obtidos como resultados da implementação de um trabalho focado na gestão e inteligência policial. “Em janeiro de 2011 instituímos no âmbito da Sejusp o programa de Redução da Criminalidade, chamado “Plano MS Forte Segurança”, que é uma ferramenta de gestão. E a partir daí, aliados aos investimentos do governo do Estado, ampliamos a utilização do conhecimento que produzimos, por meio dos Boletins de Ocorrências gerados pelo Banco de Dados Único [Sistema Sigo], analisando dados macros e também cidade por cidade do Estado”, detalhou Jacini.

“Nossa meta é reduzir os crimes que mais afligem a sociedade, direcionando ações para combater os crimes com morte e aqueles contra o patrimônio”, concluiu o secretário.
 

Leia Também

Depois de agredir esposa grávida, homem cai de altura de quatro metros e morre no Oliveira III
Cidade Morena
Depois de agredir esposa grávida, homem cai de altura de quatro metros e morre no Oliveira III
Vídeo: roda dupla de caminhão se solta e 'atropela' mulher em calçada em Amambai
É milagre que chama?
Vídeo: roda dupla de caminhão se solta e 'atropela' mulher em calçada em Amambai
Em meio a afastamento, Wilson Witzel se batiza em igreja evangélica do Rio
Geral
Em meio a afastamento, Wilson Witzel se batiza em igreja evangélica do Rio
Plano do Governo prioriza idosos, presos e indígenas na vacina contra a covid
Geral
Plano do Governo prioriza idosos, presos e indígenas na vacina contra a covid