(67) 99826-0686
Origem - entregas

Após ataque em Santa Casa, bióloga ensina como evitar escorpiões

Limpeza é a melhor prevenção

7 FEV 2014
Renan Gonzaga e Schimene Weber
15h00min
(Foto: Reprodução/Internet)

O recente caso dos escorpiões encontrados em um dos setores do Centro de Terapia Intensiva (CTI) da Santa Casa mobilizou a diretoria do Hospital à dar início aos trabalhos de dedetização em todo o prédio.


Conforme a assessoria, o processo de desinfestação iniciado ontem, dia 6, deverá deixar a ala restrita por três dias para que os produtos utilizados possam agir corretamente e a ação de proteção seja realmente efetiva.


Ainda de acordo com a assessoria de imprensa do hospital, não houve qualquer prejuízo à integridade dos pacientes, que foram transferidos para outros setores, ao atendimento hospital ou aos demais aspectos da unidade de saúde.


CAUSAS


Segundo a bióloga Rayssa Piccinin, a infestação de escorpiões tem ocorrido no local devido a grande incidência de abrigos, já que a Santa Casa está passando por reformas e, ao lado, o Hospital do Trauma também está em obras.


O animal tende a usar entulhos, tijolos, forros de casa e locais escuros como abrigo. “E como a região está há anos com várias construções, uma hora isso ia acabar acontecendo”, explica Rayssa.


Após ataque de escorpiões, Santa Casa interdita setor e dedetiza prédio. (Foto: Geovanni Gomes)


Como sua infestação se dá no verão, durante o período sazonal, a forma de combater é eliminando os possíveis criadores e os alimentos que eles ingerem, que são cupins, moscas, grilos, baratas e outros tipos de insetos.


CUIDADOS


Para a bióloga algumas medidas preventivas ajudam a eliminar o perigo da presença no animal, como uso de telas em em ralos de pias, tanques e banheiros, tampar as frestas nas paredes, muros, pisos, tetos, janelas e portas, não matar as lagartixas, pois elas são inimigas naturais do escorpião e principalmente evitar o acúmulo de entulhos e lixo.


Fazer dedetização periodicamente é uma alternativa, já que os remédios, como inseticidas e escorpionicidas, são muito eficazes no controle das populações. Porém, podem apresentar algumas desvantagens consideráveis. Essas substâncias, nem sempre são aplicadas corretamente e podem trazer riscos graves a crianças e animais domésticos.

Veja também