(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Atleta sul-mato-grossense perde na Justiça direito de participar de Pan

O julgamento no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) aconteceu no Rio de Janeiro

9 JUN 2019
Nathalia Pelzl
15h15min
Foto: Norberto Moreira Júnior

O nadador sul-mato-grossense Leonardo de Deus, eleito para ser o representante dos atletas na Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), entrou na Justiça desportiva para defender seu direito de estar nos Jogos Pan-Americanos.

O julgamento no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) aconteceu no Rio de Janeiro, onde o atleta estava presente. Na ocasião, cinco votos contra a participação de Léo na competição e agora ele irá participar apenas do Mundial.

Conforme informações da assessoria de imprensa do atleta, houve distorção de informações quanto aos critérios de convocação.

“A CBDA pensou uma coisa, falou outra e escreveu outra. Estabeleceu critérios de tempo para as convocações e mistura Ranking Mundial (IT - Índice Técnico) com tempos do Ranking Pan-Americanos. Porém, não está escrito e se blindaram dizendo que são casos omissos”, pontuou.

Dois dias antes de fechar o período de inscrição na competição, a CBDA conseguiu uma liminar que cancelou a convocação de Leonardo Santos e Diogo Villarinho.

Confira a nota da assessoria:

A CBDA de maneira tendenciosa, disse à justiça que o prazo final seria dia 16 de maio, o que não é verdade. O prazo final é dia 26 de junho. O que ele pleiteia é a justiça fazendo valer o que está escrito, o que a própria entidade escreveu. Como ela não atendeu o atleta,  disse que fosse procurar seus direitos na justiça ele não se intimidou. É um atleta limpo, conhecido por todos por sua história vencedora, honradez e valores. Compõe a seleção brasileira desde 2006 e sempre honrou o país e não aceita mais atitudes desta natureza”.

 

Veja também