TJMS AGOSTO
Menu
quinta, 06 de agosto de 2020
Linha de frente - compet
Cidades

Bernal afirma que situação no Jd. Paradiso é tragédia já prevista

Antiga administração

12 novembro 2013 - 11h40Por Schimene Weber

Na Av. Carlota de Almeida Lemos, paralela a R. Youssif Abdulahad,  além do barro, o asfalto está totalmente quebrado por conta da chuva que atingiu a Capital na noite de ontem (11) e nesta madrugada (12).

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, compareceu ao local e culpou a administração passada, do prefeito Nelson Trad Filho, pelo desastre. "O asfalto que foi colocado aqui, é o legítimo 'casca de ovo'. É só puxar que sai. A água da chuva é muito forte e, como vocês podem ver, o resultado é isso aqui", falou, apontando para o chão totalmente quebrado.

Bernal, que foi solicitado por diversos moradores no período matutino, conversou com a equipe de reportagem do TopMídia News e explicou a situação. "Nós já mandamos o secretário de obras verificar qual é a origem do problema, e traremos a solução o mais breve possível. Equipes da assistência social também estão percorrendo os bairros mais afetados e, se necessário, soluções emergenciais serão aplicadas para que nenhuma das famílias fique desamparada".

O prefeito ainda deixou claro que, caso alguém tenha perdido bens por falta de prudência do Poder Público, as providências necessárias serão tomadas.

Leia Também

Fumaça de queimadas na Bolívia invade Corumbá e gera cena impressionante
Interior
Fumaça de queimadas na Bolívia invade Corumbá e gera cena impressionante
Bolsonaro assina MP que destina R$ 1,9 bilhão para compra de doses de vacina contra a covid
Geral
Bolsonaro assina MP que destina R$ 1,9 bilhão para compra de doses de vacina contra a covid
VÍDEO: Marquinhos fiscaliza descontaminação de ruas no Guanandi e defende comércio aberto
Cidade Morena
VÍDEO: Marquinhos fiscaliza descontaminação de ruas no Guanandi e defende comércio aberto
Brasil tem 1.237 mortos em 24 horas e está na 'véspera' dos 100 mil
Geral
Brasil tem 1.237 mortos em 24 horas e está na 'véspera' dos 100 mil