TCE MAIO
(67) 99826-0686
Camara Maio

'Calorão' afeta rotina dos campo-grandenses, índice de calor chegará a 41°C

Onda de Calor

4 FEV 2014
Carlos Guessy
18h00min
Foto: Geovanni Gomes

A onda de calor sem previsão de chuvas e com temperaturas acima de 30°C castiga os campo-grandenses e não deve diminuir nos próximos 15 dias, segundo os meteorologistas. Com a umidade relativa do ar em 55%, o índice de calor, sensação térmica continua alta e permanecerá em torno dos 40°C, durante toda a semana.

Ontem os termômetros chegaram em 32,3°C, por volta das 15h da tarde. A situação muda a rotina da população que faz de tudo para se proteger do sol utilizando qualquer tipo de proteção seja na cabeça, braços. Os acessórios vão das famosas sombrinhas, ao guarda sol, bonés, chapéus, blusa de manga longa para proteger os braços das radiações solares.

 

Outra dica importante nessa época, já que estamos no verão é tomar bastante líquido, sucos, água, refrescos, sorvetes e um bom tereré, bebida típica sul-mato-grossense vai bem em qualquer hora.

Basta dar uma observada no centro de Campo Grande e reparar que a população está andando protegida desse calorão que atinge boa parte do Brasil nesses últimos dias. Na praça Ary Coelho, no centro da cidade, pessoas descansam ou pelo menos tentam se refrescar em baixo de uma boa sombra das árvores centenárias ou até mesmo deitando na grama da praça.

A vendedora de uma loja de calçados, Anay Madeira, 21 anos, descansa quase todos os dias na praça central, seja no horário de almoço ou no seu intervalo de meia hora. "Como é uma quadra daqui, eu venho para espairecer um pouco, se tiver muito calor eu até deito na grama, debaixo dessas árvores pelos menos passa um ar mais refrescante. Nesses últimos dias parece que estamos vivendo dentro de um forno", brinca a vendedora.

Quem está comemorando as altas temperaturas em Campo Grande é o vendedor de picolé Damião da Silva, 65 anos, sorveteiro há 20 anos, ele está com o sorriso de orelha a orelha. "Essa é a melhor época para vender os meus picolés e sorvetes. Você chupa um e quer outro, o calor não passa, tenho vendido muito graças a deus", ressalta Damião.

De acordo com a meteorologista do Cemtec/MS, Cátia Braga, nesta quarta o calor continua em Campo Grande. Ela alerta que chuva mesmo só mesmo para semana que vem, na segunda (10).

No interior do Estado, a situação é diferente, em alguns municípios como Corumbá, região do Pantanal, a temperatura deve variar entre 35°C e 37°C graus, nos próximos dias a sensação térmica nessas cidades será de 51°C.  

 

"Como é horário de verão, na saída do trabalho está de dia, venho com minhas amigas tomar uma água de coco ou então tomar raspadinha e jogar a conversa fora, pois daqui mesmo da praça vamos para a faculdade. Como estamos de férias ainda e o retorno é só semana que vem, ficamos esperando o ônibus e tomando tereré as vezes, pelo menos ajuda a refrescar um pouco", confessa Larissa Marquês, 25 anos.

A dica para quem tem que sair de casa e enfrentar o 'solzão' lá fora é tomar cuidados específicos com a exposição contínua ao sol. Com o índice de radiação ultraviolenta extremamente alto em todo o Estado, a orientação é para evitar os raios solares no período entre às 10h e 15h.  

Foto: Geovanni Gomes
Foto: Geovanni Gomes
Foto: Geovanni GomesFoto: Geovanni GomesFoto: Geovanni GomesFoto: Geovanni GomesFoto: Geovanni Gomes

Veja também