Menu
quarta, 14 de abril de 2021
CRESCE MS
Cidades

Câmara Municipal discute taxas cobradas pela Águas Guariroba‏

Taxas

18 fevereiro 2014 - 09h54Por Assessoria

Está marcada para essa terça-feira (18), às 14h30 no Plenário Edroim Reverdito, o plenarinho da Câmara Municipal de Campo Grande, por iniciativa do vereador Chiquinho Telles, audiência pública para discutir taxas de ligação de esgoto, taxa mínima de consumo e multas cobradas pela concessionária Águas Guariroba.

 

Segundo o vereador, " água é serviço essencial para todos, e as taxas são muito altas para quem vive de salário mínimo,ou aposentadoria. Há abaixo assinado com duas mil assinaturas de moradores reclamando da taxa”, justificando a realização da audiência pública.

 

No início do mês, a Defensoria Pública do Estado também contestou a empresa concessionária, e suspendeu o valor de R$ 530 cobrados para instalação da rede de esgoto. O valor é cobrado apenas em Campo Grande. “Precisamos de uma resposta, pois o contribuinte não pode pagar duas vezes pelo mesmo serviço e nem uma taxa tão onerosa de 70% que é o valor da taxa de esgoto, além de questionamentos como a taxa mínima e multas cobradas na Capital”.

 

Foram convidados e deverão confirmar a presença o presidente da Águas Guariroba, José João Fonseca; Defensoria Pública; Procon; o presidente da comissão de defesa do consumidor da OAB, Leandro Provenzano; a diretora-presidente da Agereg (Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Campo Grande), Ritva Vieira.

 

“Convidamos, inclusive, o prefeito, se tiver que rever o contrato com a empresa, é algo que só ele pode fazer”, afirmou Telles.