Menu
sábado, 24 de julho de 2021
PMCG REFIS 16 A 29/07
Cidades

Casa da Mulher abrigará vítimas de violência na Capital

Investimento

09 dezembro 2013 - 07h49Por Ana Rita Chagas

Com intuito de dar um amparo maior às mulheres que são vítimas de violência está previsto para 2014 a construção da Casa de Mulher, em Campo Grande. A estrutura irá abrigar 10 delegacias 24 horas  um alojamento de passagem, centro de convivência e brinquedoteca.

A iniciativa visa conceder às  vítimas de violência acesso integrado e facilitado aos principais serviços. Ao todo, no País serão implantadas 27 unidades - uma em cada estado e uma no Distrito Federal. O investimento até o final de 2014 será de R$ 116 milhões na construção de casas e infraestrutura.

Em Mato Grosso do Sul, o investimento será de R$ 3,4 milhões e a casa será construída edificada em um terreno de 12 mil m², em um terreno pertencente à União.  “A casa é pré-moldada e segundo a equipe da Secretaria de Políticas para Mulheres levará dois meses para ser levantada. O abrigo temporário terá capacidade para 10 mulheres que poderão permanecer de 3 a 4 dias. A delegacia funcionará 24 horas e a central de transporte também, que por meio da central de denúncias terá o aval de ir até as mulheres vitimizadas”, explica Tai Loschi, titular da Subsecretaria da Mulher e da Promoção da Cidadania.

Leia Também

Em Nova Alvarada do Sul, mulher é presa com pistolas e munições
Polícia
Em Nova Alvarada do Sul, mulher é presa com pistolas e munições
Campo Grande aplica 2ª dose da vacina contra a covid-19 neste sábado
CORONAVÍRUS
Campo Grande aplica 2ª dose da vacina contra a covid-19 neste sábado
Manifestantes usam máscaras e fantasias para simbolizar 'crimes' de Bolsonaro em Campo Grande
Cidade Morena
Manifestantes usam máscaras e fantasias para simbolizar 'crimes' de Bolsonaro em Campo Grande
Vídeo: mulher critica ato contra Bolsonaro e pede que manifestantes 'sumam do Brasil'
Cidade Morena
Vídeo: mulher critica ato contra Bolsonaro e pede que manifestantes 'sumam do Brasil'