Menu
terça, 27 de outubro de 2020
Cidades

Chuva de 40 minutos alaga 14 de julho e causa transtorno a pedestres

Chuvas

26 novembro 2013 - 19h00Por Aline Oliveira e Willian Leite

No final da tarde de hoje (25), uma chuva que durou pouco mais de 40 minutos causou transtorno a pedrestres e motoristas que passaram pelo cruzamento da Rua 14 de julho com a Jornalista Belizário Lima, na vila Glória.


O local ficou intransitável para pedestres e causou dificuldade aos motoristas que tiveram de redobrar a atenção, para que não ocorressem acidentes. As chuvas frequentes no final de ano estão apenas começando, porém, quem mais sofre são os pedestres.


A auxiliar administrativa Nadia Cavalcanti, 29 anos, explicou que toda vez que chove sofre com os problemas decorrentes das enxurradas. "Já perdi três ônibus porque não consigo atravessar o alagamento. Acredito que a infraestrutura da cidade não está acompanhando o desenvolvimento e a região central está sofrendo o impacto", analisou.


Para o estudante da Escola Estadual Vespasiano Martins, Alex Giovani, 16 anos, a chuva é sinônimo de incômodo e roupa molhada. "Nós alunos sofremos para atravessar neste ponto da 14 de julho toda vez que chove. Tem vezes que tenho de tirar meu tênis e acabo chegando em casa todo molhado", revelou.

Leia Também

Juiz nega recurso e mantém candidatura do PCO barrada em Campo Grande
Cidade Morena
Juiz nega recurso e mantém candidatura do PCO barrada em Campo Grande
Apesar da promessa, governo diz que não tem previsão de pagar 13º do Bolsa Família
Geral
Apesar da promessa, governo diz que não tem previsão de pagar 13º do Bolsa Família
Em horário noturno, candidatos citam distritos e corredor de ônibus em Campo Grande
Cidade Morena
Em horário noturno, candidatos citam distritos e corredor de ônibus em Campo Grande
Sem diversão durante a pandemia, crianças do projeto Recriar se divertem em parque recreativo
Cidade Morena
Sem diversão durante a pandemia, crianças do projeto Recriar se divertem em parque recreativo