Menu
sábado, 05 de dezembro de 2020
Cidades

Chuva forte surpreende meteorologistas e castiga alguns pontos de Campo Grande

Chuvarada

16 novembro 2013 - 11h15Por Carlos Guessy

Desde a noite de ontem, Mato Grosso do Sul registra temporais em várias regiões. Os ventos chegaram a 78,84 km/h e houve estragos em várias cidades, conforme o meteorologia da Uniderp-Inpe, Professor Natálio Abraão.

"Os temporais continuam e chegaram a Campo Grande porque um sistema de baixa pressão se formou nesta madrugada sobre o Paraguai e avança por Mato Grosso do Sul. Este sistema foi estimulado pelo avanço de uma frente fria que está avançando pelo Sul do Brasil em direção ao Sudeste", explicou o meteorologista.

Alguns semáforos da Capital estão em alerta, ou seja, na cor laranja, e indica atenção dos motoristas. É o caso do sinal da Avenida Manoel da Costa Lima com a Marechal Deodoro. Na Av. Mato Grosso o problema se repete também.

Um buraco, no cruzamento da Avenida Dr. Euller de Azevedo e a Rua do Seminário, no Bairro São Francisco, está causando transtornos para os moradores e motoristas que passam pela região. Segundo os moradores o buraco apareceu depois do temporal da última segunda-feira (11). O cruzamento é muito utilizado pelos motoristas, até uma linha de ônibus passa pela região.

As temperaturas caíram em Campo Grande cerca de 12,9°C, segundo dados da estação meteorológica do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

Na Capital, a velocidade dos ventos é de 36 km/h e a chuva já atingiu 15mm até às 11h da manhã de hoje.

Em várias cidades do interior de Mato Grosso do Sul a chuva cai deste a noite de ontem. Em Ponta Porã foi região onde mais choveu, com 65,0 mm de água e ventos de até 56 km/h.

Jardim, Guia Lopes e Bonito também choveu bastante, e acumulou 35,4mm de água. Às 6h deste sábado, as três cidades registravam ventos de 49,68 km/h, e a previsão é de mais chuva para hoje.

Em Amambaí choveu 10,2 mm até às 23h desta sexta-feira (15). Os ventos atingiram até 75,24 km/h. Em Bela Vista, a chuva acumulou 32,0 mm de água até às 18h de ontem, com ventos de 60,84 km/h.

Em Sete Quedas, até às 23h de ontem, os ventos chegaram a atingir 78,84 km/h, com 10,6 mm de chuva, e estragos na cidade.

Leia Também

Medida protetiva não impediu Fabiana de ser morta e amigos lamentam fim trágico
In Memoriam
Medida protetiva não impediu Fabiana de ser morta e amigos lamentam fim trágico
Infectologista de MS pontua que estamos vivendo pior momento da pandemia no Brasil
CORONAVÍRUS
Infectologista de MS pontua que estamos vivendo pior momento da pandemia no Brasil
Sobe para 18 número de mortos em acidente de ônibus em Minas Gerais
Geral
Sobe para 18 número de mortos em acidente de ônibus em Minas Gerais
Motociclista perde controle de moto em chuva e garupa morre na BR-267
Interior
Motociclista perde controle de moto em chuva e garupa morre na BR-267