Solurbe - corrida do meio ambiente 18/04 a 08/05
(67) 99826-0686
Reviva centro

Chuvas reabrem crateras 'adormecidas' em Campo Grande

Buracos foram tapados há aproximadamente dois meses, mas reapareceram

9 SET 2016
Kerolyn Araújo
07h00min
Foto: André de Abreu

Alguns dias de chuva foram o suficientes para que as crateras que estavam espalhadas pela cidade e foram fechadas recentemente pelo serviço de tapa-buraco da prefeitura, voltassem a aparecer. Em várias ruas de Campo Grande, motoristas estão fazendo manobras para não caírem nos buracos.

No início do ano, equipes da Selco Engenharia Ltda, empresa contratada pela Prefeitura Municipal de Campo Grande para realizar os serviços de tapa-buraco, fizeram a manutenção de várias vias, entre elas a Avenida Mascarenhas de Moraes, na região norte da Capital. Em um dos trechos que o serviço foi realizado, em frente ao terminal General Osório, as crateras voltaram a aparecer após as chuvas. O mesmo ocorreu na rua Gabinete, na Vila Ipiranga. 


Em outro ponto da cidade, na Vila Nhá-Nhá, os problemas são os mesmos. Em uma das linhas de ônibus, uma cratera ocupa mais da metade da rua, fazendo com que motoristas peguem a contra-mão para fazer o percurso. 

O estudante Breno dos Reis Fabris, 22 anos, informou ao TopMídiaNews por meio do RepórterTop, que várias ruas do bairro Maria Aparecida Pedrossian estão cheias de buracos. Segundo o estudante, as crateras apareceram há um mês e até agora ele não conseguiu contato com a Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação (Seintrha) para solucionar o problema.


Ao TopMídiaNews, o secretário da Seintrha, Amilton Cândido, informou que o serviço de tapa-buraco não resolve o problema e que é apenas uma manutenção prévia. "Se existem fissuras no asfalto, a água vai entrar e o buraco vai abrir de novo. A solução é o recapeamento", explicou.

Ainda segundo informações da prefeitura, um pavimento tem vida útil de aproximadamente 15 anos. "Os asfaltos antigos estão vencidos e os novos estão com qualidade duvidosa, por isso os buracos aparecem", finalizou.

Veja também