Menu
Busca domingo, 15 de dezembro de 2019
Cidades

Clima seco castiga a Capital nesta sexta-feira; bombeiros alertam para o risco de queimadas

Em época de estiagem é recomendada a ingestão de muito líquido, suspender atividades físicas entre 11h e 15h e utilizar o umidificador de ar

12 julho 2019 - 07h15Por Luis Abraham

Uma forte massa de ar seco atinge grande parte de Mato Grosso do Sul nesta sexta-feira (12), derrubando a umidade relativa do ar, as informações são do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). É recomendada a ingestão de muito líquido, suspender atividades físicas entre 11hs e 15hs e utilizar o umidificador de ar, principalmente no caso de crianças e idosos.

Os termômetros no Estado devem registrar mínima de 10°C e máxima de 34°C, com predomínio de sol e ventos fracos a moderados. A temperatura mínima em Campo Grande é de 17ºC e a temperatura máxima não ultrapassa os 30ºC. Na região do Pantanal os termômetros marcam mínima de 16ºC e a temperatura máxima pode chegar a 33ºC.

Confira o tempo em algumas cidades do Estado no mapa:

Queimadas

O clima seco tem provocado o aumento no número de ocorrências de incêndios em vegetação na Capital, de acordo com informações do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul.

Os maus hábitos de parte da população que coloca fogo para se livrar do lixo existente nos terrenos tem contribuído para desencadear graves danos à saúde de todos que estão em áreas próximas.

Atear fogo em vegetação ou lixo é crime ambiental e sujeito à multa. As denúncias podem ser  encaminhadas através dos telefones 193 (Corpo de Bombeiros) ou 156 (Prefeitura da Capital).